Busca avançada
Ano de início
Entree

Embalagem ativa biodegradável a base de fécula de mandioca e aditivos naturais comestíveis: elaboração, caracterização e avaliação

Resumo

Com o intuito de desenvolver embalagens que sejam, além de ativas também biodegradáveis, este trabalho propõe a avaliação do efeito de aditivos antimicrobianos (mel, extrato de própolis, cravo em pó, casca de laranja, casca de limão, pimenta e café em pó) na caracterização e atividade antimicrobiana de filmes biodegradáveis obtidos de fécula de mandioca. Também propõe investigar o efeito da adição de pigmentos (clorofila, mioglobina e antocianina) na caracterização e avaliação dos filmes como indicadores de pH. A caracterização será feita através de propriedades mecânicas (resistência à tração e % alongamento), temperatura de transição vítrea, permeabilidade (à umidade e ao oxigênio), microscopia, atividade de água e sólidos totais. A atividade antimicrobiana dos filmes será avaliada por contagem total em placas e contagem total de bolores e leveduras e a avaliação dos materiais como indicadores de pH será avaliada por alterações de cor. Filmes formulados somente com fécula de mandioca e aditivados com glicerol, propileno glicol e gluteraldeído serão utilizados como controle. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio::
Cor nos fungos