Busca avançada
Ano de início
Entree

Viabilidade do DNA-HPV extraído do material desnaturado em diferentes tempos de estocagem

Processo: 05/54482-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2005 - 31 de agosto de 2007
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:José Antonio Simões
Beneficiário:José Antonio Simões
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Infecções por Papillomavirus  Reação em cadeia por polimerase (PCR) 

Resumo

Este estudo faz parte de linhas de pesquisa (FAPESP 02/00697-7 e número 04109309-5) relativas à detecção de DNA-HPV por PCR em lesões glandulares e escamosas. A possibilidade de extrair DNA viável para PCR em material de captura híbrida desnaturado e estocado foi observada numa fase anterior (Rabelo-Santos et al. 2005). O objetivo deste estudo será verificar a viabilidade do DNA-HPV em solução desnaturante após diferentes tempos de estocagem, para ser utilizado em análises através da técnica de PCR. Serão utilizadas 80 amostras que tenham sido desnaturadas para realização da técnica de Captura-híbrida II, como parte de protocolos de pesquisa já desenvolvidos no departamento de Tocoginecologia, FCM/UNICAMP. As amostras desnaturadas e estocadas por 03, 06, 12 e 24 meses serão submetidas ao processo de extração de DNA. A quantificação do DNA será realizada por espectrofotometria. O material genético extraído será submetido à PCR utilizando os primes para B-globina G73/G74, como controle interno da reação. A pesquisa de DNA de HPV por PCR será realizada utilizando os primers PGMY09 e PGMY11. Os dados coletados serão digitados em um banco de dados e serão posteriormente analisados pelos testes estatísticos aplicáveis para comparação do melhor tempo de recuperação do DNA-HPV. Será utilizado programa Epi Info 2000. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.