Busca avançada
Ano de início
Entree

Impacto de elevadas concentrações de CO2 sobre a fisiologia e crescimento inicial de quatro espécies florestais brasileiras, numa simulação climática futura

Processo: 05/54804-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de outubro de 2005 - 31 de março de 2008
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Fisiologia Vegetal
Pesquisador responsável:Carlos Alberto Martinez y Huaman
Beneficiário:Carlos Alberto Martinez y Huaman
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Mudança climática  Sequestro de carbono  Árvores florestais  Clorofila 
Publicação FAPESP:http://media.fapesp.br/bv/uploads/pdfs/Contribuições...climáticas_36_61_62.pdf

Resumo

As mudanças climáticas globais, causadas pelo incremento na concentração atmosférica de gases, em particular o CO2, é um assunto atual e de grande relevância no mundo inteiro. Não obstante a recente entrada em vigência do Protocolo de Kyoto, que estabelece metas para a redução de gases de efeito estufa, as previsões indicam que o aumento na concentração de CO2 continuará por um longo tempo, visto que alternativas de substituição imediata dos combustíveis fósseis, por enquanto, são inviáveis. Por outro lado, a entrada em vigor desse protocolo abre novas oportunidades de investimentos em países tropicais, por meio de projetos de Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL), que enfoquem o sequestro de carbono pelas florestas. Dado que as plantas absorvem o CO2 através da fotossíntese, esse processo constitui-se num importante mecanismo, ambientalmente limpo, para reduzir o efeito estufa adicional. Portanto, há um grande potencial de as florestas exercerem um significativo impacto sobre o balanço global de carbono, ao agirem como drenos para o CO2. No entanto, as predições são difíceis porque os efeitos de elevados níveis de CO2 sobre as espécies arbóreas tropicais ainda não estão bem entendidos e modelados. Esta proposta tem como objetivo determinar os efeitos de três concentrações de CO2 (370, 540 e 720 μmol mol- 1) sobre as trocas gasosas, fluorescência da clorofila e o crescimento inicial de quatro espécies arbóreas jovens de floresta mesófila estacional semidecidual do Brasil, sendo duas espécies pioneiras – Cecropia pachystachya (embaúba) e Croton urucurana (sangra d'água) – e duas espécies não pioneiras – Esenbeckia leiocarpa (guarantã) e Cariniana legalis (jequitibá-rosa)–, crescidas em câmaras de topo aberto e cultivadas em solo de floresta sem e com correção nutricional. As informações geradas nesta pesquisa contribuirão para a caracterização da capacidade potencial dessas espécies florestais brasileiras como sequestradoras de carbono para fins de reflorestamento. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio::
Estufa natural 

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DIAS DE OLIVEIRA, EDUARDO AUGUSTO; APPROBATO, ANDRESSA UEHARA; LEGRACIE, JR., JOSE RENATO; MARTINEZ, CARLOS ALBERTO. Soil-nutrient availability modifies the response of young pioneer and late successional trees to elevated carbon dioxide in a Brazilian tropical environment. ENVIRONMENTAL AND EXPERIMENTAL BOTANY, v. 77, p. 53-62, APR 2012. Citações Web of Science: 15.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.