Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização citogenética e molecular do DNA ribossômico em triatomíneos

Processo: 05/55804-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de outubro de 2006 - 30 de setembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Animal
Pesquisador responsável:Ester Tartarotti
Beneficiário:Ester Tartarotti
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Citogenética  DNA ribossômico  Meiose  Nucléolo 

Resumo

O presente trabalho pretende analisar o DNA ribossômico de espécies de triatomíneos dos gêneros Rhodnius, Triatoma e Panstrongylus, provenientes do Serviço Especial de Saúde Pública (Araraquara-SP), pertencente à USP. Estes insetos são os vetores da Doença de Chagas, uma parasitose de natureza endêmica com pronunciada relevância entre as doenças cardíacas na América do Sul. Estudos entomológicos demonstram que espécies secundárias de triatomíneos vêm aumentando sua densidade nos domicílios nos últimos anos. Existe uma preocupação atual com estas espécies na transmissão da doença de Chagas, pois, tais espécies, em algumas regiões do país, já iniciaram um ciclo peri-domiciliar e domiciliar. A eliminação da doença de Chagas é prejudicada pelo progressivo desinteresse político, há um contínuo risco de transmissão vetorial devido à sobrevivência do inseto e baixa atividade de vigilância epidemiológica. Com relação à sua classificação os triatomíneos são insetos pertencentes à subordem Heteroptera, familia Reduviidae e subfamília Triatominae e a origem do grupo possivelmente é polifilética. Entretanto, estes insetos têm uma filogenia ainda não resolvida e a sua verdadeira ancestralidade continua a ser alvo de pesquisas. Estudos com marcadores moleculares, como por exemplo o DNA ribossômico, contribuem para uma melhor compreensão filogenética, estes marcadores podem ser aplicados tanto em nível genômico como citogenético. O DNAr é utilizado em análises filogenéticas de vários níveis taxonômicos, desde filo a espécies, um alto grau de polimorfismo molecular tem sido encontrado nesta região gênica em insetos. Pretende-se analisar o DNAr pelo seqüenciamento da região espaçadora interna transcrita do DNA ribossômico (ITS-1) e por citogenética molecular (FISH) utilizando-se sondas específicas para o DNAr. Assim, a filogenia e evolução do grupo serão analisadas com base no alinhamento de seqüências intergênicas do DNA ribossômico (ITS1) e localização in situ do rDNA. Este estudo contribuirá para o entendimento das relações entre as espécies de triatomíneos e permitirá melhor conhecimento da biologia destes insetos. Também será avaliada a presença de triatomíneos na região noroeste do estado de São Paulo, por meio de índice de notificações nas unidades de saúde da região, que, juntamente com levantamentos bibliográficos poderão alertar, de certa forma, as instituições de vigilância sanitária no que se refere à importância do controle da Doença de Chagas. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ALEVI, K. C. C.; RODAS, L. A. C.; TARTAROTTI, E.; AZEREDO-OLIVEIRA, M. T. V.; GUIRADO, M. M. Entoepidemiology of Chagas disease in the Western region of the State of Sao Paulo from 2004 to 2008, and cytogenetic analysis in Rhodnius neglectus (Hemiptera, Triatominae). Genetics and Molecular Research, v. 14, n. 2, p. 5775-5784, 2015. Citações Web of Science: 7.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.