Busca avançada
Ano de início
Entree

Otimização do uso de energia solar para tratamento de efluentes: fotocatálise heterogênea eletro-assistida utilizando eletrodos nanocristalinos de TiO2 e células solares

Resumo

Este projeto visa investigar um novo sistema para degradar poluentes orgânicos em solução aquosa por fotocatálise heterogênea eletro-assistida, no qual eletrodos de TiO2 nanocristalino serão conectados a células solares de TiO2/corante. Os objetivos consistem em avaliar como a energia elétrica gerada pelas células solares pode tornar o processo de degradação do poluente mais eficiente, otimizar o sistema e viabilizar sua aplicação no tratamento de águas residuais.O plano de trabalho inclui investigar sistematicamente o efeito de variar a densidade de corrente e potencial fornecidos pelas células solares, a área ativa do fotoeletrodo e o eletrólito suporte na eficiência do processo de purificação da solução. Em âmbito geral, o desenvolvimento deste projeto irá contribuir para a consolidar um grupo de pesquisa recém-criado em fotoeletroquímica de eletrodos semicondutores para conversão de energia e fotocatálise, uma área com grandes perspectivas de aplicação tecnológica e ambiental. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MECCHIA ORTIZ, JUAN H.; LONGO, CLAUDIA; KATZ, NESTOR E. Polypyridyl ruthenium complexes containing anchoring nitrile groups as TiO2 sensitizers for application in solar cells. Inorganic Chemistry Communications, v. 55, p. 69-72, MAY 2015. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.