Busca avançada
Ano de início
Entree

Geradores fotovoltaicos para aplicações aeroespaciais

Processo: 01/03041-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de agosto de 2001 - 30 de abril de 2004
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Aeroespacial - Materiais e Processos para Engenharia Aeronáutica, Aeroespacial
Pesquisador responsável:Celio Costa Vaz
Beneficiário:Celio Costa Vaz
Empresa:Orbital Engenharia Ltda
Município: São José dos Campos
Bolsa(s) vinculada(s):01/06127-5 - Geradores fotovoltaicos para aplicações aeroespaciais, BP.PIPE
Assunto(s):Energia solar  Painéis solares fotovoltaicos  Satélites artificiais  Geração de energia elétrica 

Resumo

Os geradores fotovoltaicos foram e continuam sendo a forma mais atraente de geração de energia para as aplicações aeroespaciais. Prova disto, é o acelerado desenvolvimento tecnológico observado nas últimas décadas dos seus componentes básicos e dos processos de montagem. O objetivo deste projeto é o desenvolvimento e a qualificação dos processos e ferramentas especiais necessários para a montagem de geradores fotovoltaicos sobre estruturas para aplicações aeroespaciais. A fase l começa com o levantamento das normas tecnicas e dos requisitos genéricos aplicáveis até chegar à concepção final do plano de inspeção e testes de qualificação. Na fase II, o objetivo é desenvolver e qualificar os processos de fabricação, dispositivos e ferramentas especiais em oito sub-fases para: 1. Implementar e aplicar às sub-fases seguintes o Plano de Garantia do Produto elaborado na Fase I; 2. Fabricação dos Dispositivos e Ferramentas Especiais projetados na Fase I; 3. Aquisição de Materiais, Componentes e Equipamentos Complementares; 4. Montagem e Ajustes dos Dispositivos e Ferramentas Especiais; 5. Desenvolvimento dos Processos de Fabricação por meio da fabricação de corpos-de-prova de desenvolvimento; 6. Fabricação dos Corpos-de-Prova de Qualificação; 7. Testes de Qualificação; e 8. Documentação Final do Projeto. Os resultados previstos são capacidade tecnológica e processos de fabricação qualificados para atender à crescente demanda por equipamentos de geração de energia para o setor aeroespacial. Alguns benefícios diretos são a substituição de importações e a contenção da evasão de divisas; a geração local de emprego; a possibilidade de exportar produtos e serviços com alto conteúdo tecnológico e valor agregado; e, ainda, a possibilidade de se aplicar esta tecnologia no desenvolvimento de outros produtos. (AU)