Busca avançada
Ano de início
Entree

Segurança das estruturas em situação de incêndio

Processo: 06/06742-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de julho de 2008 - 30 de junho de 2013
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Civil - Estruturas
Pesquisador responsável:Carlito Calil Junior
Beneficiário:Carlito Calil Junior
Instituição-sede: Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Pesquisadores principais:Armando Lopes Moreno Junior ; Jorge Munaiar Neto ; Valdir Pignatta e Silva
Pesq. associados:Ana Elisabete Paganelli Guimarães de Avila Jacintho ; Antonio Alves Dias ; Edna Moura Pinto ; Fabio Domingos Pannoni ; Humberto Breves Coda ; José Samuel Giongo
Bolsa(s) vinculada(s):08/06726-5 - Estudo de ligações metálicas de sistemas mistos de madeira e concreto em situação de incêndio, BP.PD
Assunto(s):Incêndios  Estruturas metálicas  Estruturas de madeira  Estruturas de concreto  Segurança estrutural 

Resumo

A capacidade resistente dos elementos estruturais em situação de incêndio é reduzida, devido à deterioração da área resistente ou redução da resistência dos materiais. Recentemente, no Brasil, foram publicadas normas com exigências de resistência ao fogo das estruturas, normas de dimensionamento de estruturas de concreto e de aço em incêndio e, em alguns Estados, uma legislação específica para essa situação. Ainda é pequeno o investimento em pesquisa na área de engenharia de estruturas em situação de incêndio. A análise do comportamento estrutural depende fortemente da precisão do modelo estrutural, envolvendo não-linearidades geométrica e do material, da simulação do cenário do incêndio e da variação das propriedades mecânicas e tecnológicas com a temperatura. Em vista desse grau de complexidade, esta pesquisa demanda o uso de programas de computador de última geração associados a máquinas de grande desempenho, análise experimental requintada e ampliação do intercâmbio com especialistas estrangeiros. A Escola Politécnica e a Escola de Engenharia de São Carlos, ambas da USP, e a Escola de Engenharia da UNICAMP, com apoio da FAPESP ou da iniciativa privada, vem testando diversos programas de computador e realizando experimentos básicos. Essas Instituições pretendem, neste Projeto Temático, unir esforços para impulsionar as pesquisas, ora individuais, na análise termestrutural das estruturas de concreto, aço e madeira. Objetiva-se encontrar soluções seguras, econômicas e adequadas à realidade brasileira, consolidar essa área de pesquisa e propor atualizações nas normas em vigor e novos textos normativos, a fim de proporcionar ao meio técnico, condições de atender à legislação vigente. (AU)