Busca avançada
Ano de início
Entree

Ação da jararagina no contato de adesão entre células endoteliais e matriz extra-celular

Processo: 05/58071-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2006 - 31 de março de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Bioquímica e Molecular
Pesquisador responsável:Ana Maria Moura da Silva
Beneficiário:Ana Maria Moura da Silva
Instituição-sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Venenos  Jararagina  Células endoteliais  Integrinas  Desintegrinas  Metaloproteinases  Colágeno 

Resumo

A jararagina é uma metaloproteinase hemorrágica isolada do veneno de Bothrops jararaca, relacionada tanto com os efeitos sistêmicos do envenenamento em pacientes quanto com a ação local do veneno. Em trabalhos anteriores, mostramos sua atividade pró-inflamatória, incluindo migração leucocitária e indução à produção de citocinas no local de injeção. Paralelamente, indicamos a importância do TNF-α nessa atividade da toxina. Com relação às células endoteliais, verificamos que a jararagina inibe a ligação destas à matriz de colágeno e é também capaz de induzir descolamento das culturas levando as células a um processo de apoptose por anoikis. Em todos esses trabalhos, existem evidências de participação tanto do domínio catalítico quanto tipo disintegrina através de ligação com integrinas da superfície celular ou com componentes de matriz como o colágeno. Neste projeto, objetivamos um estudo mais detalhado da ação da jararagina em células endoteliais e com componentes da matriz extra-celular. Avaliaremos a ligação da jararagina com a integrina α2ß1 das células endoteliais e com proteínas de matriz extra-celular com conseqüente degradação das mesmas. Os efeitos do tratamento com a toxina na manutenção destas células será também avaliado. A participação de cada região estrutural da toxina nessas ações será abordada através de estudos comparativos com a Neuwiedase, SVMP do tipo PI contendo apenas o domínio catalítico, e por ensaios de competição com anticorpos monoclonais dirigidos a epítopos presentes no domínio disintegrina ou com peptídeos sintéticos correspondentes aos diferentes domínios que mostraram capacidade de inibir a agregação plaquetária via colágeno. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MOURA-DA-SILVA‚ AM; RAMOS‚ OHP; BALDO‚ C.; NILAND‚ S.; HANSEN‚ U.; VENTURA‚ JS; FURLAN‚ S.; BUTERA‚ D.; DELLA-CASA‚ MS; TANJONI‚ I.; OTHERS. Collagen binding is a key factor for the hemorrhagic activity of snake venom metalloproteinases. Biochimie, v. 90, n. 3, p. 484-492, 2008.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.