Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliacao de aditivos quimicos sobre as perdas e valor alimenticio das silagens de cana-de-acucar (saccharum officinarum l.) para ovinos.

Processo: 05/58130-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2006 - 31 de janeiro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Nutrição e Alimentação Animal
Pesquisador responsável:Alexandre Vaz Pires
Beneficiário:Alexandre Vaz Pires
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Cana-de-açúcar  Eficiência  Ensilagem  Etologia  Ovinos 

Resumo

Grande parte da pecuária nacional entra em declínio no período de estiagem devido à baixa oferta qualitativa e quantitativa de forragem proveniente das pastagens. Dessa forma a utilização de recursos forrageiros como a cana-de-açúcar, apresenta-se como opção para suplementação de ruminantes. O projeto tem como objetivo avaliar a interferência de aditivos químicos no controle de perdas das silagens de cana-de-açúcar, bem como avaliar o uso dessas silagens e sua forma "in natura" na alimentação de ovinos. A qualidade das silagens será avaliada na ensilagem e durante a estabilidade aeróbica. No ensaio de desempenho serão utilizadas 40 ovelhas da raça Santa Inês, com suas respectivas crias, sendo a porção volumosa constituída dos seguintes tratamentos: a) cana-de-açúcar "in natura" (C), b) silagem de cana-de-açúcar (S), c) silagem de cana-de-açúcar adicionada de 1% de óxido de cálcio (SO) e d) silagem de cana-de-açúcar adicionada de 1% de calcário calcifico (SC). Serão avaliados o consumo de matéria seca e o ganho de peso diário; produção e composição físico-química do leite; amostras de sangue das ovelhas serão colhidas para avaliação de progesterona, glicose e AGNE sanguíneos. No final de cada sub-período experimental do ensaio de desempenho, será avaliado o comportamento ingestivo dos animais. Vinte e quatro borregos da raça Santa Inês serão utilizados em um ensaio para determinação da digestibilidade das dietas experimentais. O delineamento experimental utilizado na ensilagem será o inteiramente casualizado, com cinco repetições, e para o ensaio de estabilidade aeróbia das silagens utilizar-se-á o inteiramente casualizado, seguindo o esquema de parcelas subdivididas. Para os ensaios com ovelhas e borregos será adotado o delineamento em blocos casualizados, sendo os mesmos determinados de acordo com a idade e o peso dos animais no início do experimento. (AU)