Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do exercício físico nas lipoproteínas e no endotélio de pacientes portadores de síndrome metabólica

Resumo

Uma das causas de disfunção endotelial e maior incidência de aterosclerose em pacientes portadores de Síndrome Metabólica (SM) é o acumulo e oxidação subendotelial de partículas pequenas e densas de LDL -Colesterol. O HDL-Colesterol, além de normalmente ter a capacidade de promover o efluxo do excesso de LDL, atua também como antioxidante e antiinflamatório. Além de medidas redutoras de LDL, o aumento quantitativo de HDL se torna então alvo de todas as terapêuticas anti-ateros cieróticas. A observação de aterosclerose em indivíduos com níveis considerados normais de HDL e o reconhecimento de alterações estruturais na sua molécula em circunstancias como na SM levanta a questão da importância qualitativa da HDL Para analisar este processo serão estudados 40 pacientes com SM submetidos a programa de exercício físico, que normalmente eleva o HDL, por 4 meses. Serão analisados as subfrações do HDL e, in vitro, suas atividades como antioxidante, antiinflamatórias e no efluxo do colesterol. A função endotelial também será analisada por testes de reatividade. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CASELLA-FILHO, ANTONIO; CHAGAS, ANTONIO CARLOS P.; MARANHAO, RAUL C.; TROMBETTA, IVANI C.; CESENA, FERNANDO H. Y.; SILVA, VANESSA M.; TANUS-SANTOS, JOSE EDUARDO; NEGRAO, CARLOS E.; DA LUZ, PROTASIO L. Effect of Exercise Training on Plasma Levels and Functional Properties of High-Density Lipoprotein Cholesterol in the Metabolic Syndrome. AMERICAN JOURNAL OF CARDIOLOGY, v. 107, n. 8, p. 1168-1172, APR 15 2011. Citações Web of Science: 39.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.