Busca avançada
Ano de início
Entree

Papel de polimorfismos geneticos na hanseniase.

Resumo

A Hanseníase é uma doença infecciosa endêmica no Brasil causada pelo Mycobacterium leprae. Evidências apontam que a susceptibilidade ou resistência para esta doença infecciosa, bem como a sua forma clínica e evolução, são influenciados por uma complexa interação patógeno/hospedeiro. Considerando a baixa diversidade genética do patógeno, fatores genéticos do hospedeiro tomam maior importância para esta interação e assim a investigação de alterações em genes candidatos, ou seja, genes cujo produto participa da resposta do hospedeiro ao agente infeccioso, torna-se relevante. Este projeto visa a investigação da contribuição de polimorfismos nos genes IL12B, IL12RB1, IFNG, IFNGR1, TLR2, NOS2A, PARK2, PARCRG, IL-10 e TNF na doença e no seu prognóstico, por meio de estudo de delineamento caso-controle. Serão incluídos neste estudo pacientes com diagnóstico de hanseníase (Instituto Lauro de Souza Lima) e controles saudáveis (candidatos a doadores de sangue/HEMONIJCLEO Bauru). As análises genéticas serão realizadas pela amplificação do segmento gênico de interesse pela técnica da PCR e posterior aplicação de sistemas adequados para a genotipificação, de acordo com cada polimorfismo a ser investigado. Tratamento estatístico dos dados será feito para a avaliação da contribuição dos polimorfismos e de haplótipos das regiões gênicas analisadas no desenvolvimento da hanseníase per se, bem como na sua forma clínica e evolução. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)