Busca avançada
Ano de início
Entree

Hibridação genômica comparativa (CGH) e regulação epigenética em neoplasias, na Doença de Alzheimer e no evelhecimento

Processo: 05/58988-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de junho de 2006 - 31 de maio de 2008
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Marilia de Arruda Cardoso Smith
Beneficiário:Marilia de Arruda Cardoso Smith
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Doença de Alzheimer  Neoplasias do sistema digestório  Neoplasias renais  Hibridização genômica comparativa  Metilação de DNA  Regulação da expressão gênica  DNA recombinante 

Resumo

O Projeto é constituído por quatro subprojetos inter-relacionados: I. Hibridação Genômica Comparativa (CGH) em adenocarcinoma gástrico na população do Estado do Pará - O câncer gástrico é um dos tipos mais frequentes de neoplasia e uma das principais causas de morte. No Estado do Pará constitui-se como grave problema de saúde pública. Amostras de tumor do subtipo difuso desta população serão investigadas por Hibridação Genômica Comparativa (CGH) visando estabelecer modelo de evolução cromossômica clonal. Esta técnica tem sido utilizada com sucesso em nosso laboratório, onde verificamos em estudo preliminar trissomia do cromossomo 8 e amplificação de C-MYC no adenocarcinoma gástrico. II. Regulação epigenética em adenocarcinoma gástrico - Fatores epigenéticos, como a metilação do DNA, têm sido identificados nos processos de diferenciação normal e tumoral no organismo. A frequência e o padrão de metilação em ilhas CpG de regiões promotoras de genes potencialmente relevantes serão investigados em 90 amostras de adenocarcinoma por meio da técnica MSP (Methylation Specific PCR) visando associá-los ao processo carcinogênico. III. Regulação epigenética e expresão gênica em tumores renais - O processo de metilação está ainda envolvido no imprinting genômico. A expressão dos genes imprintados H19 e IGF2, mono ou bialélica, será analisada em 30 amostras de tumor renal por RT-PCR, após identificação de heterozigotos informativos por polimorfismos genéticos. IV. Regulação epigenética na doença de Alzheimer (DA) e no envelhecimento - A frequência de metilação em ilhas CG de regiões promotoras de genes potencialmente relevantes, como HTERT, P66SHC e de genes envolvidos na atividade dos genes ribossômicos será investigada em 40 pacientes com doença de Alzheimer, 40 idosos e 40 jovens controles e associada à expressão de rDNA. Em nosso laboratório verificamos, originalmente, redução significante da atividade de rDNA na DA. As técnicas utilizadas serão MSP e slot dot das frações 28S e 18S para quantificação do rRNA. (AU)