Busca avançada
Ano de início
Entree

O conteúdo de cloreto de sódio na dieta e as implicações para o metabolismo do tecido adiposo em ratos

Processo: 05/60077-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2006 - 30 de abril de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Fabio Bessa Lima
Beneficiário:Fabio Bessa Lima
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Adiponectina  Leptina  Adipogenia  Tecido adiposo 

Resumo

Juntamente com distúrbios metabólicos como Diabetes Mellitus, Obesidade e Síndrome Metabólica a hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) vem crescendo de forma importante nas últimas décadas, atingindo proporções epidêmicas. Entre os vários fatores que agravam o quadro está o consumo acentuado de NaCl. A coexistência de HAS, intolerância à glicose. obesidade. que são características comuns à síndrome metabólica, juntamente com o consumo de alimentos ricos em gorduras e sal, justificam um estudo mais detalhado do papel do NaCl na geração de modificações metabólicas que possam comprometer a resposta celular à insulina e o controle do metabolismo energético de uma forma geral. Em estudos anteriores, verificamos que o consumo excessivo de NaCl (8% na dieta) provocou um quadro de hipertensão arterial, porém com resposta à insulina aumentada em adipócitos isolados e aumento da expressão do transportador de glucose - GLUT4. Neste estudo, pretendemos investigar a instalação deste processo e as repercussões para o metabolismo e diferenciação do Tec. adiposo. (AU)