Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do metabolismo de quilomícrons artificiais em pacientes portadoras da síndrome dos ovários policísticos

Resumo

A dislipidemia é reconhecida como fator de risco de doença arterial coronariana, tendo sido demonstrado que uma depuração dos quilomícrons artificiais diminuída precede alteração das concentrações dos lípides plasmático, sendo portanto, um marcador precoce de fator de risco cardiovascular. Serão estudadas 20 pacientes com a síndrome dos ovários policísticos (SOP), diagnosticadas de acordo com o Consenso de Rotterdam, na faixa etária entre 18 e 35 anos (10 obesas e 10 não obesas) e 20 mulheres normais, pareadas para a idade e indice de massa corporal (IMC). O metabolismo lipídico será estudado através das dosagens de lipídeos plasmáticos e suas lipoproteínas e o metabolismo de quilomícrons será estudado com a realização da cinética plasmática de quilomícrons artificiais. O teste da heparina será realizado para determinar as atividades das lipases lipoproteica e hepática.Todos os parâmetros derivados deste estudo serão correlacionados com a sensibilidade à insulina , avaliada através da área sob a curva de insulina no teste de tolerância oral à glicose. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ROCHA, MICHELLE P.; MARANHAO, RAUL C.; SEYDELL, TALITA M.; BARCELLOS, CRISTIANO R. G.; BARACAT, EDMUNDO C.; HAYASHIDA, SYLVIA A. Y.; BYDLOWSKI, SERGIO P.; MARCONDES, JOSE A. M. Metabolism of triglyceride-rich lipoproteins and lipid transfer to high-density lipoprotein in young obese and normal-weight patients with polycystic ovary syndrome. Fertility and Sterility, v. 93, n. 6, p. 1948-1956, APR 2010. Citações Web of Science: 12.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.