Busca avançada
Ano de início
Entree

Linguagem nos transtornos do espectro autístico: a utilização da Autistic Behavior Checklist (ABC) na caracterização dos diferentes quadros clínicos quanto ao perfil funcional da comunicação e ao desempenho sócio-cognitivo

Processo: 05/04113-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2006 - 28 de fevereiro de 2007
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fonoaudiologia
Pesquisador responsável:Fernanda Dreux Miranda Fernandes
Beneficiário:Fernanda Dreux Miranda Fernandes
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):06/52536-8 - Linguagem nos transtornos do espectro autístico: a utilização da Autistic Behavior Checklist (ABC) na caracterização dos diferentes quadros clínicos quanto ao perfil funcional da comunicação.., BP.TT
Assunto(s):Transtorno autístico  Transtorno do espectro autista  Diagnóstico clínico  Transtornos da linguagem  Avaliação fonoaudiológica 

Resumo

A proposta deste estudo envolve a verificação da hipótese de que é possível detectar diferenças no perfil funcional da comunicação e no desempenho sócio cognitivo de crianças e adolescentes com diagnósticos psiquiátricos incluídos no espectro autístico, que podem ser relacionados às diferentes pontuações na Autistic Behavior Checklist (ABC). OBJETIVOS: O objetivo geral desta pesquisa é identificar a possibilidade de contribuição da avaliação fonoaudiológica de crianças e adolescentes incluídos no espectro autístico a partir da verificação de relações entre seu desempenho e a pontuação obtida na ABC. Assim, os objetivos específicos podem ser definidos da seguinte forma: 1. Determinar a existência de correlações entre o perfil funcional da comunicação de crianças e adolescentes com diagnósticos psiquiátricos incluídos no espectro autístico e sua pontuação na ABC. 2. Determinar a existência de correlações entre o desempenho sócio-cognitivo de crianças e adolescentes com diagnósticos psiquiátricos incluídos no espectro autístico e sua pontuação na ABC. MÉTODO: Sujeitos - Serão sujeitos desta pesquisa 120 crianças e adolescentes, entre 2 e 14 anos de idade, já atendidos ou em atendimento no Laboratório de Investigação Fonoaudiológica em Distúrbios Psiquiátricos da Infância do Curso de Fonoaudiologia da Faculdade de Medicina da USP. Procedimentos: Serão analisadas as gravações em videotape realizadas durante os processos de coleta de dados para as avaliações realizadas no Laboratório de Investigação Fonoaudiológica nos Distúrbios Psiquiátricos da Infância do Curso de Fonoaudiologia da Faculdade de Medicina da USP. Essas gravações registram 30 minutos de situação de interação entre sujeito e fonoaudiólogo, em situação de brincadeira com material escolhido pelo próprio sujeito. Esse material é obtido originalmente segundo procedimentos aprovados pela Comissão de Ética para Análise de Projetos de Pesquisa do Hospital das Clínicas da FMUSP com os protocolos números 228/96, 347/97, 047/98, 137/00, 485/00, 029/01, 141/02, 452/01, 459/02 e 460/02, e após a assinatura do Termo de Consentimento por um dos responsáveis de cada sujeito. O procedimento determinado para a presente pesquisa garante que os estudos realizados anteriormente não interferiram em seus resultados, pois serão utilizados apenas os dados referentes ao período anterior ao início de qualquer processo terapêutico. As fitas serão analisadas pelo próprio pesquisador, pelos fonoaudiólogos que avaliaram cada um dos sujeitos e por um terceiro juiz, para garantir a fidedignidade dos resultados. Os dados serão registrados em protocolos individuais específicos (apresentados em anexo) e sintetizados em planilhas digitais de dados. RESULTADOS: Os dados serão analisados estatisticamente, utilizando-se o tratamento compatível para verificar a existência de correlações entre todos os dados obtidos, bem como a existência ou não de aglomerados significativos (clusters). (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.