Busca avançada
Ano de início
Entree

Analise da expressao quantitativa dos genes codificadores das proteinas do virus dengue-2 durante a reaplicacao viral em condicoes normais e sob a acao de drogas.

Resumo

Os vírus dengue causam a mais importante doença causada por um vírus transmitido por artrópodes no mundo, particularmente em regiões tropicais e subtropicais do mundo. Os vírus dengue (dengue-1, -2, -3, e -4) são membros da família Flaviviridae, possuem um genoma RNA de polaridade positiva, fita simples, com aproximadamente 11 kb, cuja replicação resulta na codificação de uma única poliproteína, que é processada em três proteínas estruturais (capsídeo, premembrana/membrana e envelope) e sete não-estruturais (NS1-NS5). Este projeto tem como objetivo principal a quantificação da replicação gênica e, portanto, da replicação do vírus dengue-2, em diferentes culturas celulares. Além disso, tentaremos interferir na replicação viral usando duas estratégias diferentes: 1) observaremos as possíveis alterações na replicação e expressão gênica dos genes codificadores das proteínas virais, na vigência do uso de dsRNAs silenciadores para regiões selecionadas do genoma dos vírus dengue, e 2) os efeitos de inibidores metabólicos na produção de novos vírus. Culturas celulares serão infectadas com dengue-2 e os RNAs serão extraídos dos sobrenadante e das monocamadas celulares, coletados em intervalos de horas e dias pós-infecção, e analisados para determinar a cronologia da replicação viral através do número de transcritos de RNA utilizando a técnica quantitativa de PCR em tempo real. Assim, se obtivermos sucesso com o primeiro objetivo, será possível inferir qual, ou quais, proteínas virais estarão sendo expressas em menor ou maior quantidade durante a replicação viral, bem como, em qual fase esta expressão ocorre. Se os resultados permitirem, será possível determinar qual (ou quais) genes codificadores das proteínas virais seria(m) alvos potenciais para o desenvolvimento de medicamentos antivirais. Além disso, este projeto tem como objetivo estudar os efeitos dos inibidores do metabolismo celular, tais como as drogas cloroquina, cytochalasin B e brefeldin A, sobre a replicação do mesmo vírus (dengue-2) em relação à desestruturação do citoesqueleto, aumento do pH endossomal e a interrupção do fluxo vesicular do retículo endoplasmático para o aparelho de Golgi, na intenção encontrar uma droga que possa atuar impedindo a replicação viral. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SILVA FARIAS, KLEBER JUVENAL; LIMA MACHADO, PAULA RENATA; PEREIRA CARNEIRO MUNIZ, JOSE AUGUSTO; IMBELONI, ALINE AMARAL; LOPES DA FONSECA, BENEDITO ANTONIO. Antiviral Activity of Chloroquine Against Dengue Virus Type 2 Replication in Aotus Monkeys. VIRAL IMMUNOLOGY, v. 28, n. 3, p. 161-169, APR 1 2015. Citações Web of Science: 22.
SILVA FARIAS, KLEBER JUVENAL; LIMA MACHADO, PAULA RENATA; DE ALMEIDA JUNIOR, RENATO FERREIRA; DE AQUINO, ANA ALICE; LOPES DA FONSECA, BENEDITO ANTONIO. Chloroquine interferes with dengue-2 virus replication in U937 cells. MICROBIOLOGY AND IMMUNOLOGY, v. 58, n. 6, p. 318-326, JUN 2014. Citações Web of Science: 16.
BORGES, MARCOS CARVALHO; CASTRO, LUIZA ANTUNES; LOPES DA FONSECA, BENEDITO ANTONIO. Chloroquine use improves dengue-related symptoms. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz, v. 108, n. 5, p. 596-599, Ago. 2013. Citações Web of Science: 32.
SILVA FARIAS, KLEBER JUVENAL; LIMA MACHADO, PAULA RENATA; LOPES DA FONSECA, BENEDITO ANTONIO. Chloroquine Inhibits Dengue Virus Type 2 Replication in Vero Cells but Not in C6/36 Cells. SCIENTIFIC WORLD JOURNAL, 2013. Citações Web of Science: 17.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.