Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise fenotípica e molecular de amostras de Escherichia coli do sorogrupo O113, isoladas de infecções humanas e do reservatório animal

Processo: 05/04634-8
Modalidade de apoio:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de junho de 2006 - 31 de janeiro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Biologia e Fisiologia dos Microorganismos
Pesquisador responsável:Beatriz Ernestina Cabilio Guth
Beneficiário:Beatriz Ernestina Cabilio Guth
Instituição Sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Bacteriologia  Fatores de virulência  Escherichia coli  Toxina Shiga  Adesinas de Escherichia coli  Sorotipagem 
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Fatores De Virulencia | Sorogrupo O113 | Tipagem Molecular | Toxinas | Patogenicidade bacteriana

Resumo

As infecções causadas por Escherichia coli produtora de toxina Shiga (STEC) tornaram-se um importante problema em Saúde Pública e estão associadas a um amplo espectro de doenças que compreende desde diarréias brandas ou mesmo inaparentes, até quadros clínicos extremamente graves e exacerbados como a Colite Hemorrágica (HC) e a Síndrome Hemolítico-Urêmica (SHU). Embora o sorotipo O157:H7 tenha sido o primeiro a ser associado a surtos e casos esporádicos de CH e SHU, atualmente já está estabelecido que alguns sorogrupos não-O157, principalmente O26, O103, O111, O113 e O145, têm igualmente um papel importante nas infecções por STEC, inclusive prevalecendo em diversos países. A despeito disto, existe ainda uma relativa escassez de informações sobre a ocorrência das STEC não-O157, em particular sobre o sorogrupo O113. Este sorogrupo vem sendo implicado na ocorrência de HC e SHU em diversos países, tendo sido verificado nos últimos tempos, um aumento de seu isolamento também no reservatório animal. Além disso, características de virulência adicionais à toxina Shiga, como a produção de novas citotoxinas e a presença de algumas prováveis novas adesinas têm sido mais recentemente descritas em amostras do sorotipo O113:H21, o que poderia contribuir para um pior prognóstico nas infecções causadas por estas bactérias. Amostras de E. coli do sorogrupo O113 têm sido isoladas tanto de infecções humanas como do reservatório animal em diferentes regiões do nosso país e este projeto tem por objetivos avaliar as características fenotípicas, o potencial de virulência e a diversidade genética destas amostras de E. coli. Espera-se que os resultados obtidos venham contribuir para a compreensão sobre o papel destas bactérias como patógenos em nosso meio. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DOS SANTOS, LUIS FERNANDO; IRINO, KINUE; IBELLI VAZ, TANIA MARA; CABILIO GUTH, BEATRIZ ERNESTINA. Set of virulence genes and genetic relatedness of O113: H21 Escherichia coli strains isolated from the animal reservoir and human infections in Brazil. Journal of Medical Microbiology, v. 59, n. 6, p. 634-640, . (05/04634-8, 06/60628-0)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.