Busca avançada
Ano de início
Entree

Dentifricio de baixa concentracao de fluoreto e a disponibilizacao de ions minerais no fluido do biofilme.

Resumo

Embora o efeito de dentifrício fluoretado na diminuição da desmineralização dental seja estabelecido, não há evidência científica sobre o efeito preventivo de dentifrícios com baixa concentração de fluoreto (500 µg F/g). Considerando que as trocas iônicas entre o esmalte e o biofilme dental ocorrem através do fluido do biofilme, a porção aquosa presente entre as células bacterianas, análise de íons minerais nesse fluido são importantes para explicar os resultados de diminuição da desmineralização e a ativação da remineralização do esmalte dental mediante o uso de fluoreto em diferentes concentrações, o que não tem sido explorado. O estudo será in situ, cruzado e duplo-cego, durante o qual 10 voluntários utilizarão dispositivo intrabucal palatino contendo 8 blocos de esmalte bovino com microdureza conhecida, cobertos com uma ‘placa teste’ de S. mutans. Os seguintes grupos de tratamentos serão testados em cada fase: 1. controle negativo, sem adição de fluoreto; 2. dentifrício contendo baixa concentração de fluoreto (500 µg F/g, como NaF); 3. dentifrício contendo concentração convencional de fluoreto (1100 µg F/g, como NaF). Serão considerados como variável resposta a variação do conteúdo mineral dos blocos, as alterações no pH da placa teste e as concentrações de cálcio (Ca), fósforo inorgânico (Pi) de flúor (F) no fluido e na porção sólida da placa teste. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
TENUTA, L. M. A.; ZAMATARO, C. B.; DEL BEL CURY, A. A.; TABCHOURY, C. P. M.; CURY, J. A. Mechanism of Fluoride Dentifrice Effect on Enamel Demineralization. Caries Research, v. 43, n. 4, p. 278-285, 2009. Citações Web of Science: 31.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.