Busca avançada
Ano de início
Entree

Determinação de sítios ativos em sólidos zeolíticos e lamelares: adsorção de moleculas-sonda e monitoramento por espectroscopia de absorção no infravermelho

Processo: 06/01278-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de junho de 2006 - 31 de maio de 2008
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Inorgânica
Pesquisador responsável:Heloise de Oliveira Pastore
Beneficiário:Heloise de Oliveira Pastore
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Química supramolecular  Peneira molecular 

Resumo

A evolução do nosso entendimento da Química do Estado Sólido tem-se baseado fortemente em informações estruturais obtidas de uma série de métodos físicos. Diversos métodos têm uma função importante em determinação estrutural, mas sem dúvida alguma, dados estruturais definitivos são adquiridos usando métodos de difração. Ângulos e comprimentos de ligação e posições atômicas em um cristal são obtidos mais facilmente quando um monocristal de tamanho razoável está disponível. Nos casos mais frequentes, entretanto, nos quais a amostra é policristalina, os mesmos parâmetros podem ser determinados em processos mais longos, usando métodos de refinamento estrutural, principalmente o método de Rietveld. Modelos das estruturas eletrônica e magnética podem ser determinados por medidas de transporte, por exemplo, condutividade em várias temperaturas e comportamento do material sob a influência de diversos campos magnéticos em várias temperaturas. Esses três enfoques, cristalino, eletrônico e magnético, em conjunto fornecem um panorama essencialmente completo das propriedades e características dos sólidos que respondem por comportamentos cooperativos ou que dependem de um conjunto de diversas celas unitárias do material para se manifestar. O comportamento e características ditos localizados, sobre os quais se baseia a reatividade particular de cada sólido, são examinados por técnicas locais. Entre elas são especialmente úteis a ressonância magnética nuclear de sólidos com seus inúmeros enfoques e técnicas especiais, a espectroscopia de fotoelétrons e as espectroscopias vibracional e eletrônica com adsorção de moléculas-sonda. Este projeto versa sobre estas últimas técnicas aplicadas às peneiras moleculares. (AU)