Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da nicotina sobre a regulação gênica de sistemas de neurotransmissão envolvidos no controle cardiovascular e gênese da hipertensão em ratos geneticamente hipertensos

Processo: 06/01684-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2006 - 31 de outubro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Debora Rejane Fior Chadi
Beneficiário:Debora Rejane Fior Chadi
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Hipertensão  Reação em cadeia da polimerase em tempo real  Biologia molecular  Análise de sequência com séries de oligonucleotídeos  Western blotting 

Resumo

A ação sistêmica da nicotina no sistema cardiovascular é bem caracterizada, sendo responsável por aumento da pressão arterial e potencialização do sistema nervoso autônomo. No sistema nervoso central a nicotina atua em diversas áreas inclusive nas associadas ao controle central do sistema cardiovascular podendo contribuir para o desenvolvimento da hipertensão em indivíduos com predisposição genética à patologia. Nossos resultados anteriores mostraram que, após tratamento com nicotina, pelo menos o sistema angiotensinérgico e o glutamatérgico alteram-se somente em ratos com predisposição genética à hipertensão, potencializando a patologia. Este efeito é uma evidência de que a nicotina pode agir sobre os sistemas de neurotransmissão para o desencadeamento da hipertensão neurogênica. Os sistemas previamente analisados não são, certamente, os únicos envolvidos na gênese da hipertensão. Além disso, os mecanismos celulares e moleculares envolvidos na modulação de sistemas de neurotransmissão pela nicotina são pouco estudados, especialmente nos núcleos controladores da pressão arterial. Portanto, o fato de o tratamento com nicotina antecipar o desenvolvimento da hipertensão somente em ratos com predisposição genética à patologia pode estar intimamente relacionado à modulação de sistemas de neurotransmissores desencadeadores da hipertensão. Sabendo disto, nossa proposta é de estudar a ação da nicotina sobre a neurotransmissão em culturas de células do tronco encefálico de ratos geneticamente hipertensos a fim de identificar os sistemas chaves responsáveis pela gênese da hipertensão e sua relação com o uso de nicotina através de microarray, PCR em tempo real, Western blotting e ligação de receptores. (AU)