Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudos termodinâmicos, cinéticos e espectroscópicos de sistemas químicos de relevância energética e ambiental

Processo: 06/02896-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2006 - 31 de julho de 2008
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Físico-química
Pesquisador responsável:Fernando Rei Ornellas
Beneficiário:Fernando Rei Ornellas
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Termodinâmica química  Química teórica  Cinética química  Espectroscopia eletrônica  Métodos ab initio  Metano 

Resumo

Usando o estado-da-arte da química quântica, objetivamos estudar sistemas reativos de relevância direta para os setores ambiental e energético, além da exploração de outros aspectos de interesse acadêmico. Um deles envolve a descrição termodinâmica e cinética de reações que ocorrem entre as várias espécies presentes na combustão do metano e de plasmas com contaminantes como o nitrogênio atômico/molecular no estado fundamental ou excitado. Esses dados são de grande relevância para a modelagem completa de uma combustão e tornam possível quantificar e priorizar etapas que sejam as mais relevantes para esse processo. Em outro projeto, temos como meta caracterizar estruturalmente e espectroscopicamente várias espécies químicas novas associadas a superfícies de energia potencial do tipo [H, X, Sn] com X = Cl e Br (n = 1 – 3), que além de seu interesse intrínseco, julgamos de relevância para a química do enxofre e do cloro/bromo na atmosfera. Esse estudo tem como motivação uma proposta que fizemos recentemente de que espécies como HSCl (analogamente ao HOCl) podem ter um papel relevante na destruição do ozônio na estratosfera, sendo assim uma ponte de ligação entre as químicas do enxofre e do cloro na atmosfera. Agora, examinaremos o papel dos compostos bromados nesse contexto. Adicionalmente, deveremos investigar também a interação do HSCl com radicais OH e com uma ou mais moléculas de água visando entender eventuais caminhos de consumo desse composto na atmosfera. Numa outra direção, deveremos proceder à caracterização espectroscópica (eletrônica e vibracional) de vários haletos de enxofre, SnBrm (m, n = 1 - 3) e reexaminar a caracterização dos estados eletrônicos do BrO que, em função de experiência prévia com a espécie SCl, julgamos poder estar incompletamente descritos, bem como determinar tempos de vida radiativa e de predissociação para o estado A 2Pi. (AU)