Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do verniz de tetrafluoreto de titânio sobre o processo de des-remineralização do esmalte dentário in vitro

Processo: 06/04587-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2006 - 30 de novembro de 2008
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Marília Afonso Rabelo Buzalaf
Beneficiário:Marília Afonso Rabelo Buzalaf
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Cárie dentária  Erosão dentária  Fluoretos tópicos  Tetrafluoreto de titânio  Ciclagem de pH 

Resumo

Este projeto tem como objetivo estudar o efeito da aplicação tópica de um verniz à base de tetrafluoreto de titânio (TiF4) sobre o processo de desmineralização-remineralização provocado sobre o esmalte dentário por duas condições: erosão (ERO) e cárie dentária (CAR). Para testar seu efeito sobre a erosão e cárie dentária, 80 e 160 blocos de esmalte bovino, respectivamente, serão divididos em 4 grupos de acordo com o tipo de verniz: Duraphat – D (padrão ouro), Duofluorid – F (controle positivo), TiF4 - E (experimental) e verniz sem flúor -P (controle negativo). Anteriormente à aplicação do verniz, em metade dos blocos da situação CAR (n=80) será produzida lesão artificial de cárie (MB) em solução tampão acetato pH 5,0, enquanto a outra metade permanecerá hígida (H). Os vernizes serão aplicados e permanecerão em contato com o esmalte durante 6 h. Na seqüência serão submetidos à ciclagem de pH, durante 7 dias. Cada dia de ciclagem da erosão será composta por 6 ciclos de des (refrigerante Coca-cola® -10 min) - re (saliva artificial-60 min), sob temperatura ambiente. Ao final de cada ciclagem, os blocos ficarão imersos em saliva artificial, overnight (12h), a 37oC. Já para a cárie serão realizados 5 ciclos de des (6h) – re (18h), sob temperatura de 37oC, durante 7 dias, permanecendo os últimos dois dias em solução remineralizante. A microdureza final será realizada (SMH1), para permitir o cálculo da perda de microdureza de superfície (%SMHC). Além disso, a microdureza interna e o desgaste da superfície de esmalte serão mensurados para a cárie e erosão, respectivamente. Os dados obtidos serão submetidos à análise estatística (p < 0,05). (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MAGALHAES, ANA CAROLINA; MORAES, SAMANTA MASCARENHAS; RIOS, DANIELA; WIEGAND, ANNETTE; RABELO BUZALAF, MARILIA AFONSO. The Erosive Potential of 1% Citric Acid Supplemented by Different Minerals: An In Vitro Study. ORAL HEALTH & PREVENTIVE DENTISTRY, v. 8, n. 1, p. 41-45, 2010. Citações Web of Science: 8.
MAGALHÃES‚ AC; KATO‚ MT; RIOS‚ D.; WIEGAND‚ A.; ATTIN‚ T.; BUZALAF‚ MAR. The Effect of an Experimental 4% TiF4 Varnish Compared to NaF Varnishes and 4% TiF4 Solution on Dental Erosion in vitro. Caries Research, v. 42, n. 4, p. 269-274, 2008.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.