Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento da cifose torácica e lordose lombar em crianças e adolescentes normais

Processo: 06/04642-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2006 - 31 de outubro de 2007
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:José Batista Volpon
Beneficiário:José Batista Volpon
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Biomecânica  Curvaturas da coluna vertebral  Cifose  Lordose  Postura 

Resumo

Atualmente, cada vez mais crianças e adolescentes apresentam-se com queixas de má postura. Esta condição é muito complexa e tem relação com hábitos de atividade física, sedentarismo e ergonomia no estudo. Pode haver envolvimento de vários elementos do aparelho locomotor, tanto nos seus componentes de partes moles (músculo, ligamento, tendões), como osteoarticular. Sem dúvida, a coluna desempenha um papel importante na postura, principalmente representada pelas suas curvaturas cifótica torácica, e lordótica lombar. Entretanto, estas curvaturas variam ao longo do crescimento, o que torna necessário estabelecer padrões de normalidade. Contudo, há na literatura apenas um estudo populacional sistematizado da evolução dessas duas curvaturas em relação ao crescimento do indivíduo, porém em faixa etária de 8 a 16 anos. Outros estudos apenas aproveitam radiografias solicitadas com outros propósitos, para obtenção de dados de curvas normais, o que leva a uma amostra irregular e pouco confiável, com grandes variações de resultados entre os vários autores. Embora a radiografia seja o melhor exame para a avaliação das curvas espinhais, é oneroso e envolve radiação ionizante, o que praticamente inviabiliza trabalhos de campo com grandes amostras, principalmente crianças. Assim, é interessante o desenvolvimento de sistemas de medidas das curvaturas da coluna que sejam precisos, inócuos, de baixo custo e portáteis de modo a viabilizar o estudo em grupos populacionais.Este estudo pretende caracterizar o desenvolvimento normal das curvaturas das superfícies cifótica torácica e lordótica lombar em uma população de ambos os gêneros, dos 05 aos 20 anos de idade. Será realizada uma pesquisa de campo e foi construído um pantógrafo com o objetivo de traçar o contorno dorsal das duas curvaturas. Este pantógrafo tem mecanismos de controle como o acionamento motorizado e trabalha associado a um computador com programa para análise dos dados e determinação das curvaturas. A população será constituída de sujeitos normais examinados em creches e escolas, com critérios precisos de inclusão e exclusão. Descritores: coluna vertebral, anatomia regional, postura, cifose, lordose. (AU)