Busca avançada
Ano de início
Entree

Estrutura e dinâmica da comunidade fitoplanctônica no período de oito anos (1997-2004) em ambiente eutrófico (Lago das Garças), Parque Estadual das Fontes do Ipiranga, São Paulo

Processo: 06/50062-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de junho de 2006 - 30 de setembro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Pesquisador responsável:Carlos Eduardo de Mattos Bicudo
Beneficiário:Carlos Eduardo de Mattos Bicudo
Instituição-sede: Instituto de Botânica. Secretaria do Meio Ambiente (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Botânica (classificação)  Fitoplâncton  Biodiversidade  Parques estaduais 

Resumo

O projeto visa a conhecer a composição florística e a estrutura da comunidade do fitoplâncton do lago das Garças, um reservatório eutrófico situado na Reserva Biológica do Parque Estadual das Fontes do Ipiranga, região sudeste do município de São Paulo, no período de oito anos sucessivos (1997-2004) e sua variação ao longo do perfil térmico do reservatório. Tal informação constituirá subsídio absolutamente necessário e imprescindível para monitorar, recuperar e modelar os corpos d'água do referido parque. Os objetivos da presente pesquisa são: (1) compreender as interações existentes entre os fatores climáticos, hidrodinâmicos, físicos, químicos e biológicos (fitoplâncton) durante seis anos sucessivos (1997-2004) e suas variações sazonal e vertical no Lago das Garças; (2) contribuir para o avanço da ecologia de ecossistemas no que tange ao funcionamento de, reservatórios urbanos e aos efeitos da heterogeneidade espacial / temporal e de fatores hidrodinâmicos e climáticos na diversidade e estrutura da comunidade fitoplanctónica; (3) avaliar a utilização do fitoplâncton como variável biológica indicadora de qualidade da água; (4) gerar informação apropriada para a elaboração futura de modelos biológicos; e (5) ampliar e aprofundar a capacitação de recursos humanos na área de estudo. Acrescente-se, finalmente, a capital contribuição do presente projeto representada p9la elaboração dos dados referentes ao fitoplâncton do Lago das Garças como subsidio para a formulação de hipóteses de generalização teórica. As amostras de água foram coletadas mensalmente, ao longo do perfil vertical da região limnética do sistema, em cinco profundidades. De cada unidade amostral foram providenciadas análises físicas e químicas e medidas de biomassa, de modo a abranger as principais variáveis ambientais do sistema. A estrutura da comunidade fitoplanctânica será determinada ao longo do período de estudo (temporal) e do perfil vertical (vertical) do compartimento pelágico do reservatório. (AU)