Busca avançada
Ano de início
Entree

Associação genética entre precocidade sexual e características de crescimento e terminação em animais Nelore

Processo: 06/50666-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2006 - 31 de outubro de 2007
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Genética e Melhoramento dos Animais Domésticos
Pesquisador responsável:Lucia Galvão de Albuquerque
Beneficiário:Lucia Galvão de Albuquerque
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Inferência bayesiana  Bovinos de corte 

Resumo

A característica precocidade sexual, medida pela ocorrência de prenhez em novilhas vem recebendo bastante atenção dos pesquisadores e criadores, principalmente por minimizar dificuldades inerentes à analises de características reprodutivas e apresentar estimativa de herdabilidade alta. Desta forma, sua utilização como critério de seleção tem sido indicada. Entretanto, é necessário verificar as possíveis associações da ocorrência da prenhez com outras características que atualmente tem sido utilizado nos critérios de seleção de bovinos de corte e a magnitude dos mesmos. O conhecimento da variabilidade genética e da correlação entre estas características permitirá recomendar com maior segurança a utilização das mesmas em programas de melhoramento genético e a elaboração de índices de seleção econômicos. Os objetivos do presente trabalho serão verificar a possibilidade de utilização, como critério de seleção, as características precocidade sexual (ocorrência de prenhez), peso ao sobreano e os escores visuais de conformação, precocidade de terminação e musculatura ao sobreano e detectar o grau de associação genética existente entre estas características. Para tanto, serão realizarias análises genéticas univariadas e bivariadas para obtenção dos seus componentes de (co)variâncias e parâmetros genéticos. Registros de animais da raça Nelore, nascidos entre os anos de 1990 e 2005 serão utilizados nas análises estatísticas. As observações dos escores visuais e do peso ao sobreano já fazem parte do conjunto de mensurações realizadas pela propriedade e a característica precocidade sexual será registrada com as informações de entrada na estação de monta e diagnóstico de prenhez ou data de parição. (AU)