Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo in vivo e in vitro da importância da comunicação celular no mecanismo de secreção de insulina do pâncreas endócrino de ratos e camundongos normais e diabéticos

Processo: 06/50758-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de junho de 2006 - 30 de setembro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia
Pesquisador responsável:Antonio Carlos Boschiero
Beneficiário:Antonio Carlos Boschiero
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Diabetes mellitus  Secreção de insulina  Pâncreas  Hormônios do pâncreas endócrino  Diferenciação celular 

Resumo

Junções comunicantes ou gap junctions (GJs) são canais intercelulares formados pela ligação de dois hemicanais ou conexons através do espaço extracelular. A proteína integrante do conexon é a conexina (Cx). Cxs formam uma família de proteínas homólogas de peso molecular variando de 21 a 70 kDa, codificadas por vários genes e expressas de maneira espécie- e célula-específica. Estudos em ilhotas pancreáticas têm demonstrado que a comunicação intercelular via GJ é importante para adequada biossíntese, estoque e liberação de insulina pelas células B. Condições experimentais que promovem a formação das GJs aumentam a secreção e biossíntese de insulina. Por outro lado, bloqueio dos canais ou a ruptura das GJs na célula B resultam em comprometimento do processo secretório. Ilhotas pancreáticas de fetos e recém-nascidos de roedores exibem reduzida resposta secretária de insulina em comparação às de adultos. Ainda não está estabelecido o papel das GJs neste processo de maturação in vivo da maquinaria secretora do pâncreas endócrino nem na patogênese da diabetes. Assim, o presente projeto tem como objetivos principais investigar: possíveis alterações no acoplamento intercelular, grau de expressão e localização celular das conexinas Cx36 e Cx43 e Cx45 em ilhotas de ratos e camundongos em vários estágios do desenvolvimento, bem como mediante certas condições in vitro. Além disso, pretende-se estudar a importância dos canais constituídos por tais conexinas em situações de disfunção pancreática, utilizando um modelo de diabetes tipo II em camundongos (alimentados com dieta hiperlipídica). (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CARVALHO, C. P. F.; OLIVEIRA, R. B.; BRITAN, A.; SANTOS-SILVA, J. C.; BOSCHERO, A. C.; MEDA, P.; COLLARES-BUZATO, C. B. Impaired beta-cell-beta-cell coupling mediated by Cx36 gap junctions in prediabetic mice. AMERICAN JOURNAL OF PHYSIOLOGY-ENDOCRINOLOGY AND METABOLISM, v. 303, n. 1, p. E144-E151, JUL 2012. Citações Web of Science: 40.
CARVALHO‚ C.P.F.; BARBOSA‚ H.C.L.; BRITAN‚ A.; SANTOS-SILVA‚ J.C.R.; BOSCHERO‚ AC; MEDA‚ P.; COLLARES-BUZATO‚ CB. Beta cell coupling and connexin expression change during the functional maturation of rat pancreatic islets. Diabetologia, v. 53, n. 7, p. 1428-1437, 2010.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.