Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterizacao de integrons, genes para resistencia e antimicrobianos e determinantes de virulencia de cepas de salmonella enterica isoladas de alimentos e fontes relacionadas.

Processo: 06/50813-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2006 - 30 de junho de 2008
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Ciência de Alimentos
Pesquisador responsável:Maria Teresa Destro
Beneficiário:Maria Teresa Destro
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Salmonella enterica  Virulência  Reação em cadeia por polimerase (PCR)  Antibióticos  Alimentos 

Resumo

Salmonella é um dos mais importantes patógenos causadores de enfermidades transmitidas por alimentos (ETAs) no Brasil e em outros países. A carne e os produtos cárneos freqüentemente estão envolvidos na veiculação destas ETAs. Na busca da produção de alimentos seguros à saúde do consumidor, do ponto de vista microbiológico, tem-se tentado caracterizar genotípica e fenotipicamente os isolados de origem alimentar, pois uma boa compreensão dos fatores que levam ao surgimento e disseminação desses patógenos pode ajudar no desenvolvimento de estratégias de intervenção e controle que possibilitem a redução desses microrganismos patogênicos para o homem. Resistência a antibióticos pode ser considerada um mecanismo adaptativo que contribui para virulência bacteriana, pois permite que a bactéria consiga persistir no hospedeiro. Genes de resistência e virulência têm como característica comum o fato de poderem estar localizados tanto no cromossomo bacteriano, como também nos plasmídeos, localizados em agrupamentos gênicos que configuram ilhas de resistência ou patogenicidade. Devido o surgimento, em Salmonella, de fenótipos multi-resistentes (MDR) a agentes antimicrobianos descrito por diversos autores, a caracterização genética, através de métodos moleculares baseados na PCR, de genes de resistência a antimicrobianos, bem como sua localização e diversidade são importantes na identificação dos fatores envolvidos na resistência, permitindo a compreensão da diversidade de cepas multi-resistentes a drogas, e a identificação de trocas genéticas entre marcadores. O objetivo deste estudo é caracterizar determinantes genéticos de virulência de cepas de Salmonella entérica multi-resistentes a antibióticos isoladas de alimentos e fontes relacionadas. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RIBEIRO, VINICIUS B.; LINCOPAN, NILTON; LANDGRAF, MARIZA; FRANCO, BERNADETE D. G. M.; DESTRO, MARIA T. CHARACTERIZATION OF CLASS 1 INTEGRONS AND ANTIBIOTIC RESISTANCE GENES IN MULTIDRUG-RESISTANT SALMONELLA ENTERICA ISOLATES FROM FOODSTUFF AND RELATED SOURCES. Brazilian Journal of Microbiology, v. 42, n. 2, p. 685-692, APR-JUN 2011. Citações Web of Science: 17.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.