Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de novos métodos para a obtenção de metabólitos bioativos produzidos por fungos isolados de plantas tropicais

Processo: 08/52123-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE
Vigência: 01 de abril de 2009 - 30 de setembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:Gezimar Donizetti de Souza
Beneficiário:Gezimar Donizetti de Souza
Empresa:Accert Pesquisa e Desenvolvimento em Química e Biotecnologia Ltda (ACCERT)
Município: São Carlos
Auxílios(s) vinculado(s):10/51662-5 - Desenvolvimento de novos métodos para a obtenção de metabólitos bioativos produzidos por fungos isolados de plantas tropicais, AP.PIPE
Bolsa(s) vinculada(s):09/50616-2 - Desenvolvimento de novos métodos para a obtenção de metabólitos bioativos produzidos por fungos isolados de plantas tropicais, BP.PIPE
Assunto(s):Fungos  Biotecnologia  Alcaloides  Metabólitos  Plantas tropicais 

Resumo

O presente projeto de pesquisa e inovação visa o desenvolvimento de novos procedimentos para a obtenção das substâncias afidicolina, ácido micofenólíco e dos alcalóides alanditripinona, alantripinona B, alantrifenona e alantrileunona, todos metabólitos secundários com grande interesse comercial produzidos por fungos isolados de plantas tropicais. Um dos objetivos principais é inovar nas etapas de cultivo fúngico, extração e purificação destas substâncias. A afidicolina já se encontra em fase de testes pré-clínicos para o seu uso contra o vírus causador do herpes e o ácido micofenólico é o precursor de um importante medicamento imunossupressor, utilizado principalmente em pacientes que sofreram transplante renal. Entretanto, pouco é sabido com respeito à ação inseticida e herbicida destas substâncias, atividades estas que pretendemos checar também. Com relação aos alcalóides, somos o primeiro e até o momento único grupo de pesquisas a reportar tais substâncias. Neste caso, pretendemos checar a viabilidade de obtenção destas substâncias com altos rendimentos e suas aplicações como insumos agrícolas e farmacêuticos. Para isso, estamos propondo a criação de uma empresa de biotecnologia na cidade de São Carlos, SP, com a finalidade de transferir o conhecimento adquirido no trabalho com química de fungos obtido no DQ-UFSCar, visando, assim, a comercialização das substâncias e processos desenvolvidos. (AU)