Busca avançada
Ano de início
Entree

Potencial de ação antimicrobiana in vitro de extratos brutos de plantas na inibição de Candida spp., Sptreptococcus mutans e Staphylococcus aureus e seu significado em relação a infecções orais

Resumo

A cavidade oral abriga uma complexa comunidade de microrganismos, sendo a maioria comensais, com uma minoria causando infecções oportunistas. Dentre esses microrganismos, leveduras do gênero Candida são frequentemente isoladas da flora oral de indivíduos saudáveis, ocorrendo infecções oportunistas quando há alterações locais ou sistêmicas. Outro microrganismo pertencente à cavidade oral é o Streptococcus mutans, considerado o principal agente etiológico da cárie. Estudos demonstram que Staphylococcus aureus estão sendo isolados de sítios gengivais em pacientes com periodontite. Frente ao uso indiscriminado de antimicrobianos, tanto fungos como bactérias desenvolveram resistência a essas drogas, além de que essas drogas causam vários efeitos adversos, muitas vezes perigosos. O emprego de tratamento alternativo como o uso de extratos brutos de plantas que possuem componentes antimicrobianos, antifúngicos, antiinflamatórios, entre outros, é um campo promissor que merece ser estudado para o combate às cepas emergentes resistentes. (AU)