Busca avançada
Ano de início
Entree

Diagnóstico nosológico de demência em população brasileira

Processo: 06/55318-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de outubro de 2006 - 31 de dezembro de 2008
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Anatomia Patológica e Patologia Clínica
Pesquisador responsável:Ricardo Nitrini
Beneficiário:Ricardo Nitrini
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Assunto(s):Demência  Demência frontotemporal  Demência vascular  Doença de Alzheimer 

Resumo

Existe divergência quanto à prevalência relativa das principais causas de demência em nosso meio. O diagnóstico sindrômico de demência em populações com grande heterogeneidade educacional é bastante difícil, enquanto o diagnóstico nosológico ou da doença responsável pela demência baseia-se no emprego de critérios clínicos de acurácia relativamente baixa, mesmo em bons serviços especializados. Com a constituição do Banco de Encéfalos Humanos do Grupo de Estudos do Envelhecimento Cerebral da Faculdade de Medicina da USP (BEH-ABSG), abriram-se as perspectivas de verificar, em nosso meio: a freqüência dos diagnósticos neuropatológicos em casos suspeitos de demência e de comprometimento cognitivo leve; a influência do gênero, idade, escolaridade e nível sócio-econômico nessa freqüência; a relação entre a intensidade das alterações neuropatológicas e clínicas, e a influência da escolaridade nessa relação. Serão estudados os casos de 243 indivíduos com declínio cognitivo divididos em 4 grupos, de acordo com a intensidade (CDR 0,5 a 3) e 80 indivíduos sem declínio cognitivo. Os diagnósticos clínicos possíveis serão estabelecidos em reunião de consenso de especialistas, utilizando critérios usuais e os diagnósticos neuropatológicos serão estabelecidos de modo análogo por neuropatologistas utilizando métodos imunohistoquímicos. Em ambos os casos, o diagnóstico será estabelecido sem conhecimento do diagnóstico atribuído pelo outro grupo. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio:
Na raiz do Alzheimer 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.