Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento e avaliação de processo de industrialização de água de coco (Cocus nucifera L.) carbonatada

Processo: 06/55596-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2006 - 31 de janeiro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos
Pesquisador responsável:José de Assis Fonseca Faria
Beneficiário:José de Assis Fonseca Faria
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia de Alimentos (FEA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Vida-de-prateleira  Garrafas plásticas  Dióxido de carbono  Pasteurização  Água de coco 

Resumo

O crescente mercado nacional de bebidas não alcoólicas vem estimulando o investimento em desenvolvimento de novos produtos a base de sucos de fruta. A água de coco (Cocus nucífera L.) destaca-se principalmente devido suas propriedades nutricionais, alto poder de hidratação e baixo valor calórico. Outra bebida com grande participação no mercado de não alcoólicas, são os refrigerantes, que se diferenciam por possuírem em sua formulação dióxido de carbono (CO2). A adição do (CO2), proporciona vida à bebida e maior refrescância, além de contribuir para um alimento mais seguro, com a inibição do desenvolvimento de microrganismos aeróbios. O objetivo deste trabalho é de desenvolver e avaliar um processo de carbonatação da água de coco e estudar sua vida de prateleira. A água de coco será padronizada (pH 4,4 e °BRIX 6,5), clarificada, pasteurizada (90°C/30s), resfriada, e carbonatada (1 a 4 volumes). O acondicionamento da bebida carbonatada será em garrafas plásticas (PET) que ficarão estocadas à temperatura ambiente. Através de analises físico-químicas, microbiológicas e sensoriais, será determinado seu tempo de prateleira. Os resultados deste trabalho proporcionarão ao mercado uma bebida diferenciada e um novo processo de estabilização da água de coco. (AU)