Busca avançada
Ano de início
Entree

Profundidade de polimerização de cimentos resinosos utilizados na cimentação de pinos translúcidos, submetidos ou não a ciclagem mecânica: efeito sobre a resistência adesiva e relação com o tipo de sistema adesivo

Resumo

Este estudo avaliará a profundidade de polimerização de cimentos resinosos utilizados na cimentação de pinos translúcidos: sua influência sobre a resistência adesiva, com ou sem ciclagem mecânica, e relação com o tipo de adesivo usado. Serão cimentados 160 pinos translúcidos em dentina radicular bovina com dois tipos de cimentos resinosos: 20 pinos serão cimentados com um cimento fotopolimerizado e 140 com um cimento com polimerização dual. Destes últimos, 20 serão fotopolimerizados conforme indicação do fabricante e 20 não serão ativados por luz. Em seguida, 10 dentes de cada grupo serão submetidos à ciclagem mecânica (2.000.000 de ciclos mecânicos; carga de 37, 5 N; freqüência de 8Hz). Outros 80 dentes serão divididos de acordo com o sistema adesivo (condicionamento total ou autocondicionante/ multifrascos ou simplificado) e o tempo para análise (24h ou 90d). Todos os dentes serão seccionados perpendicularmente ao longo eixo do dente, em fatias de 2mm que serão submetidas às analises Raman (grau de conversão) e de resistência adesiva. (AU)