Busca avançada
Ano de início
Entree

Biofilme produzido por staphylococcus aureus isolados de mastite subclinica bovina: caracterizacao fenotipica e identificacao dos genes icaa e icad.

Processo: 06/55733-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de outubro de 2006 - 30 de junho de 2008
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Antonio Nader Filho
Beneficiário:Antonio Nader Filho
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Mastite bovina  Staphylococcus aureus  Biofilmes 

Resumo

O Staphylococcus aureus é um dos mais importantes patógenos isolados nos casos de mastite bovina, cuja habilidade em formar biofilme tem sido considerada como sendo o maior fator de virulência com influência na patogenicidade desta doença. Diante deste fato, idealizou-se o presente trabalho com o objetivo de avaliar a capacidade formadora de biofilme, a identificação dos genes icaA e icaD e a eficiência dos testes na detecção da produção de biofilmes entre as cepas de Staphylococcus aureus isoladas nos casos de mastite subclínica bovina. Assim, durante o período de Maio a Outubro de 2006 serão colhidas amostras individuais de leite oriundas de quartos mamários reagentes ao California Mastitis Test em um rebanho constituído por cerca de 50 vacas lactantes. As cepas de Staphylococcus aureus isoladas serão semeadas em placas contendo Agar Vermelho Congo com o intuito de verificar a morfologia e a coloração das colônias. Em seguida, realizar-se-á o teste de microplacas com a finalidade de avaliar a quantidade de biofilme formado. A identificação dos genes icaA e icaD será realizada pelo teste de Reação em Cadeia da Polimerase (PCR). A relevância das informações a serem obtidas está associada ao fato dos biofilmes representarem destacada importância especialmente no estudo da resistência bacteriana a antimicrobianos e de infecções persistentes e recorrentes. (AU)