Busca avançada
Ano de início
Entree

Centro Regional de Análise de São Paulo: participação nos experimentos DZero e CMS

Processo: 08/02799-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de dezembro de 2008 - 30 de novembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física das Partículas Elementares e Campos
Pesquisador responsável:Sergio Ferraz Novaes
Beneficiário:Sergio Ferraz Novaes
Instituição-sede: Núcleo de Computação Científica (NCC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Pesquisadores principais:Eduardo de Moraes Gregores
Pesq. associados:Eduardo de Moraes Gregores ; Marco André Ferreira Dias ; Pedro Galli Mercadante ; Sergio Morais Lietti
Bolsa(s) vinculada(s):12/24593-8 - Busca por física além do modelo padrão no canal Dibósons vetoriais, BP.DR
12/24464-3 - Busca por ressonâncias pesadas no detector CMS do LHC, BP.DR
10/15806-2 - Administração dos sistemas de processamento e armazenamento, BP.TT
+ mais bolsas vinculadas 09/12867-3 - Estudo do background de Dimensões Extras Universais no detector CMS do LHC, BP.MS
08/11308-8 - Busca por ressonâncias de grávitons em modelos com dimensões extras no LHC, BP.DD
09/08252-3 - Fundamentos da Física experimental de altas energias, BP.IC
09/08570-5 - Computação em Física experimental de altas energias, BP.IC
09/05428-3 - Busca por sinais de física nova no experimento CMS, BP.PD - menos bolsas vinculadas
Assunto(s):Acelerador de partículas  Física além do modelo padrão  Interações nucleares  Grande Colisor de Hádrons  Física de alta energia  Dimensões extras 

Resumo

A Física de Altas Energias tem por objetivo investigar a natureza dos constituintes elementares da matéria e as interações fundamentais. Os aceleradores de partículas têm desempenhado um papel fundamental nestas investigações, sendo o Tevatron do Fermilab e o Large Hadron Collider do CERN os mais potentes já construídos. Reconhecendo a importância da participação de pesquisadores do Estado de São Paulo nos experimentos que são realizados nestes aceleradores, foi criado em 2003, com o apoio da FAPESP, o Centro Regional de Análise de São Paulo (São Paulo Regional Analysis Center - SPRACE), o qual congrega os pesquisadores de instituições paulistas atuando nas colaborações DZero do Fermilab e Compact Muon Solenoid (CMS) do CERN. Para dar suporte aos pesquisadores e contribuir para o processamento, armazenamento e análise dos dados produzidos nesses experimentos, foi implantado um centro de computação que conta atualmente com mais de um Teraflop de poder de processamento. O SPRACE iniciou suas operações de processamento de dados para o DZero em março de 2004, associado ao Distributed Organization for Scientific Analysis and Research (DOSAR). Integrou-se em seguida ao SAMGrid, o sistema de processamento distribuído do experimento DZero e, em 2005, tornou-se parte do Open Science Grid (OSG), consórcio americano de universidades, laboratórios nacionais e centros de computação, formando com estes um grande grid computacional de mútiplos propósitos. Através da infra-estrutura de middleware do OSG, o SPRACE vem participando ativamente das atividades de processamento de dados do experimento DZero e atuando como uma Tier-2 da estrutura computacional hierárquica do experimento CMS, em preparação para a entrada em operação do LHC em 2008. Os membros do SPRACE participam da análise física dos dados produzidos pelo DZero associados ao grupo de "Novos Fenômenos" da colaboração, o qual procura por sinais de Física Além do Modelo Padrão. Em particular, estamos investigando a possibilidade de existência de novas dimensões espaciais através do estudo da produção de três léptons isolados. Estamos também nos preparando para a análise de dados do CMS, onde iniciamos investigação neste mesmo tema. O ensino e a divulgação científica tem sido uma preocupação constante do SPRACE. Vimos elaborando um conjunto de cursos de formação na área e disponibilizando o material didático na web, permitindo o acompanhamento dos cursos à distância. O projeto "Estrutura Elementar da Matéria: Um Cartaz em Cada Escola" permitiu que se levasse a todas as escolas do segundo grau do País informação sobre os constituintes da matéria e suas interações, provendo também um Fórum de Discussão onde estudantes e professores de todo o país possam trocar conhecimentos. O SPRACE tem interagido e gerado competência nas áreas com as quais se relaciona. Temos desempenhado um importante papel na formação de recursos humanos não apenas em Física de Altas Energias, mas também em redes ópticas de alta velocidade, processamento de alto desempenho e, acima de tudo, na arquitetura Grid de computação distribuída. Por iniciativa do SPRACE, está sendo implantado na Unesp o primeiro "Campus Grid" da América Latina que contará com oito centros de processamento e armazenamento de dados distribuídos pelo Estado de São Paulo e interligados através da arquitetura grid. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Brasil pode se tornar membro oficial do CERN 
Bóson de Higgs pode ter sido encontrado  
Brasileiros apresentam pesquisas em evento sobre o bóson de Higgs 
Cientistas do Cern anunciam ter encontrado pistas para a localização do bóson de Higgs  
Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio:
Sopa primordial 
Quebra-cabeça em expansão 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.