Busca avançada
Ano de início
Entree

Colonização nasofaríngea pelo Streptococcus pneumoniae em crianças com doença falciforme imunizada com a vacina pneumococcica conjugada 7- Valente

Processo: 06/56838-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2007 - 30 de junho de 2009
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Calil Kairalla Farhat
Beneficiário:Calil Kairalla Farhat
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Anemia falciforme  Farmacorresistência bacteriana  Colonização 

Resumo

O estudo tem como objetivos avaliar a prevalência da colonização nasofaríngea pelo pneumococo em crianças com doença falciforme em uso de penicilina profilática e imunizadas com a vacina pneumocócica 7 -valente, verificar a influencia da vacina na colonização e na resistência antimicrobiana, determinar os sorotipos mais freqüentes e o perfil de resistência das cepas à penicilina e a outros antimicrobianos. A população estudada será constituída de 250 crianças de 2 meses a 5 anos com doença falciforme, em uso de penicilina profilática e imunizadas com a vacina pneumocócica 7-valente, acompanhadas no ambulatório de Hematologia Pediátrica da UNIFESP e o grupo controle será de 150 crianças da mesma faixa etária não imunizadas e sem doença que aumente o risco de infecção pneumocócica, que freqüentam o ambulatório da UNIFESP. Serão coletados swabs de nasofaringe destes pacientes durante um ano nas consultas de rotina. O isolamento, a identificação e a avaliação da resistência antimicrobiana do pneumococo seguiram procedimentos padronizados e serão realizados no laboratório de Doenças Infecciosas da UNIFESP. A sorotipagem será feita pela reação de Neufeld-Quellung no Instituto Adolfo Lutz.. (AU)