Busca avançada
Ano de início
Entree

Caminhos da Cantareira - sustentabilidade e percepção ambiental na APA do Sistema Cantareira - um estudo na bacia hidrográfica do Rio Atibaia

Processo: 06/61505-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de maio de 2007 - 30 de abril de 2009
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Sociologia - Outras Sociologias Específicas
Pesquisador responsável:João Luiz de Moraes Hoefel
Beneficiário:João Luiz de Moraes Hoefel
Instituição-sede: Pró-Reitoria Acadêmica. Universidade São Francisco (USF). Campus Bragança Paulista. Bragança Paulista , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):08/06665-6 - Caminhos da Cantareira - sustentabilidade e percepção ambiental na APA do Sistema Cantareira - um estudo na bacia hidrográfica do Rio Atibaia, BP.TT
Assunto(s):Percepção ambiental  Uso do solo  Recursos hídricos  Sustentabilidade  Áreas de conservação 

Resumo

A problemática ambiental tem despertado nas últimas décadas, a atenção de diversos segmentos da sociedade, promovendo, entre inúmeros estudos, aqueles relacionados ao conceito de sustentabilidade, que comporta várias dimensões e expressa estratégias conflitivas que respondem a visões e interesses diferenciados. O presente projeto utiliza como área de estudos a Area de Proteção Ambiental do Sistema Cantareira. Esta região. contém áreas de nascentes e pontos de captação de importância regional que,, associados à sua beleza natural, faz com que ela se torne alvo de empreendimentos imobiliários, consolidando pm processo crescente de ocupação do solo e uso turístico desordenado. Além deste fator as características da malha viária regional tem estimulado um uso industrial que também se reflete em alterações ambientais. Apesar das restrições impostas pela legislação ambiental vigente, estes usos econômicos diversos, muitas vezes inadequados para a área, vêm gerando impactos sócio-ambientais e culturais, que precisam ser adequadamente analisados. Os conflitos de usos nesta área indicam que existem entre os diversos grupos sociais da região, abordagens e percepções diferenciadas sobre a próblemática ambiental que vêm refletindo-se nas propostas de desenvolvimento regional. Dentro deste contexto, este projeto tem por objetivos desenvolver estudos sobre sustentabilidade e percepção ambiental e seus reflexos nos processos de transformação da APA do Sistema Cantareira, em especial na Bacia Hidrográfica do Rio Atibaia, que aprofundem o conhecimento sobrei a problemática do meio ambiente e subsidiem na formulação de políticas públicas e programas de educação ambiental adequados à realidade regional. (AU)