Busca avançada
Ano de início
Entree

Interações medicamentosas em unidades de terapia intensiva e a segurança de pacientes: análise do planejamento dos horários de administração de medicamentos

Processo: 06/05882-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2007 - 31 de maio de 2009
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem Médico-cirúrgica
Pesquisador responsável:Silvia Helena de Bortoli Cassiani
Beneficiário:Silvia Helena de Bortoli Cassiani
Instituição-sede: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (EERP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Unidades de terapia intensiva  Interações de medicamentos  Assistência ao paciente  Erros de medicação 

Resumo

Planejar os horários de administração de medicamentos e administrá-los estão entre as mais freqüentes atividades desenvolvidas pela enfermagem e equipe em Unidades de Terapia Intensiva (UTI). Essa atividade requer uma base de conhecimentos sobre anatomia, fisiologia, farmacologia, incluindo conhecimento sobre interações e reações adversas. O objetivo deste projeto é investigar a incidência de interação medicamentosa em pacientes internados em unidades de terapia intensiva em hospitais universitários de seis cidades, quais sejam: São Paulo, Ribeirão Preto, Recife, Fortaleza, Uberlândia e Goiânia, a partir do planejamento dos horários de administração dos medicamentos, realizado pela enfermeira. Serão selecionados os prontuários de pacientes internados na UTI nos meses de janeiro a julho de 2007, em período escolhido aleatoriamente por razões de conveniência. Os dados de identificação do paciente bem como dos medicamentos como: nome, dose, frequência e horário serão coletados nesse período. Para cada paciente serão analisados os medicamentos administrados nos três primeiros dias de internação na UTI. Os dados serão armazenados no Microsoft Excel, e posteriormente analisados quanto às interações medicamentosas com auxílio de um software específico de interação medicamentosa. O estudo somente será conduzido após aprovação do Comitê de Ética em Pesquisa e da autorização dos hospitais. Estudos sobre interações medicamentosas possibilitam ao profissional enfermeiro ampliar seus conhecimentos a fim de evitar associações medicamentosas indevidas e seus efeitos adversos no paciente e aumentar a segurança destes na terapêutica medicamentosa. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FONTENELE LIMA DE CARVALHO, RHANNA EMANUELA; MOREIRA REIS, ADRIANO MAX; PEREIRA DE FARIA, LEILA MARCIA; DE AZEVEDO ZAGO, KARINE SANTANA; DE BORTOLI CASSIANI, SILVIA HELENA. Prevalence of drug interactions in intensive care units in Brazil. Acta Paulista de Enfermagem, v. 26, n. 2, p. 150-157, 2013. Citações Web of Science: 9.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.