Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo do comportamento de risco em populações carcerárias, com ênfase as infecções pelo HIV, hepatites e sífilis na cidade de São Vicente, SP

Processo: 06/06034-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2007 - 28 de fevereiro de 2009
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva
Pesquisador responsável:Heraclito Barbosa de Carvalho
Beneficiário:Heraclito Barbosa de Carvalho
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Epidemiologia  Comportamento de risco  Infecções por HIV  Sífilis  Hepatite  Drogas ilícitas  Prisões 

Resumo

Este estudo objetiva avaliar o risco de infecção ao HIV, hepatites e sífilis nos comportamentos de risco relacionados a elas. Dentre elas, o uso da droga, a sua administração via injetável como também aspectos relacionados com o comportamento sexual e violência. Para este estudo será recrutada uma amostra de 650 detentos de uma Penitenciaria de São Vicente. Estes indivíduos serão entrevistados, utilizando-se um questionário padrão com o objetivo de avaliar por meio de indicadores, seu comportamento sexual e de uso de drogas. Objetiva-se também mensurar as frequências de infecção pelo HIV e pelos vírus das hepatites B e C como também do treponema pallidum, nesta população específica. O estudo pretende ainda abordar aspectos relacionados com a violência que acompanha o uso e o comércio da droga, criando indicadores para avaliar esta associação com ênfase especial ao crack. Por tratar-se de indivíduos com comportamento de risco elevado para aquisição e transmissão destas infecções, a mensuração destas frequências, nos permite uma avaliação mesmo que sumária do comportamento dessas infecções no ambiente prisional e do risco de transmissão das infecções do ponto de vista individual como também identificar pontos para inferir na comunidade que estes indivíduos estão inseridos. (AU)