Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da administração prolongada do esteróide anabolizante decanoato de nandrolona em comportamentos emocionais e na expressão gênica em diferentes áreas cerebrais de camundongos

Resumo

Os esteróides anabolizantes ou esteróides anabólico-androgênicos (EAA) referem-se aos hormônios esteróides da classe dos hormônios sexuais masculinos, promotores e mantenedores das características sexuais específicas (incluindo o trato genital, as características sexuais secundárias e a fertilidade) e da condição anabólica dos tecidos somáticos. Os efeitos estimulantes dos andrógenos no cérebro, freqüentemente resultando em um sentimento de euforia e agressividade crescentes, associados ao resultado muscular, têm proliferado o uso de EAA por atletas de todos os níveis, assim como por usuários de drogas "recreacionais". Dentre os EAA derivados da testosterona, o decanoato de nandrolona é o mais consumido, sendo mais anabólico e menos androgênico que a testosterona. Em vista do impacto social referente à alta incidência de abuso de EAA e o risco do comportamento anti-social, estudos utilizando modelos experimentais em animais são extremamente necessários, com o objetivo de explorar os mecanismos neurobiológicos associados ao uso destas substâncias e comportamentos emocionais, dentre eles a agressividade. Assim, estudaremos os efeitos da administração crônica (21 dias) do decanoato de nandrolona em diferentes comportamentos emocionais, tais como a ansiedade, agressividade e depressão em modelos bem estabelecidos em camundongos, tentando correlacionar com os níveis séricos de testosterona e com o hormônio esteróide corticosterona, um indicador de estresse. Também investigaremos o perfil de expressão dos genes dos receptores da serotonina (1A, 1B, 2A, 2C, 3A, 6 e 7), do transportador da serotonina 5-HTT, dos receptores tipo 1A e 1B da arginina vasopressina, bem como do gene da nNOS (enzima de síntese do óxido nítrico) em áreas límbicas cerebrais, áreas comprovadamente ativadas pelos EAA. Assim, pretendemos identificar genes diferencialmente modulados pelo esteróide nandrolona em diferentes áreas cerebrais visando contribuir ao entendimento do efeito comportamental desinibitório observado após o seu uso prolongado. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CHIAVEGATTO, S.; QUADROS, I. M. H.; AMBAR, G.; MICZEK, K. A. Individual vulnerability to escalated aggressive behavior by a low dose of alcohol: decreased serotonin receptor mRNA in the prefrontal cortex of male mice. GENES BRAIN AND BEHAVIOR, v. 9, n. 1, p. 110-119, FEB 2010. Citações Web of Science: 26.
CHIAVEGATTO‚ S.; IZIDIO‚ GS; MENDES-LANA‚ A.; ANEAS‚ I.; FREITAS‚ TA; TORRÃO‚ AS; CONCEIÇÃO‚ IM; BRITTO‚ LRG; RAMOS‚ A. Expression of alpha-synuclein is increased in the hippocampus of rats with high levels of innate anxiety. MOLECULAR PSYCHIATRY, v. 14, n. 9, p. 894-905, 2008. Citações Web of Science: 22.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.