Busca avançada
Ano de início
Entree

O papel de receptores de imunidade inata beta-GR, MR, TLR2 e TLR4 no reconhecimento da Candida Albicans por monócitos humanos estimulados com polissacarídeos extraídos do cogumelo Agaricus brasiliensis

Processo: 06/06925-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2007 - 28 de fevereiro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Celular
Pesquisador responsável:Ramon Kaneno
Beneficiário:Ramon Kaneno
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Cogumelos comestíveis  Macrófagos  beta-Glucanas  Receptores de reconhecimento de padrão  Receptores toll-like  Manose 

Resumo

A função fagocítica pode ser aumentada através de ativação celular por uma variedade de moléculas de superfície entre as quais podemos destacar os receptores de reconhecimento de padrões (PRR) como os Toll like receptors (TLRs) e os receptores de manose (MR), além dos receptores de beta-glucana. Dada a importância que esses receptores podem assumir no reconhecimento de patógenos e ativação de fagócitos, é possível pensar que agentes capazes de estimular a expressão de receptores pelas células fagocíticas podem ser potencialmente úteis como adjuvantes no tratamento de infecções por C. albicans. Sustentando essa hipótese, observamos previamente que macrófagos peritoneais de camundongos tratados com um extrato rico em polissacarídeos obtidos do cogumelo A. brasiliensis (fração oxalato solúvel ácido tratada - ATF), apresentam maior capacidade candidacida quando comparados com macrófagos de animais normais inoculados com PBS. A essa observação, soma-se o fato de que as células desses animais apresentaram maior produção de H2O2 e expressão de MR com maior intensidade que os controles. O presente projeto foi formulado para testar a hipótese de que polissacarídeos de A. brasiliensis aumentam a atividade de monócitos humanos através da modulação da expressão de receptores de membrana ligados à imunidade inata. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MARTINS, PRISCILA RAQUEL; VICTORIANO DE CAMPOS SOARES, ANGELA MARIA; DA SILVA PINTO DOMENEGHINI, ANDREA VANESSA; GOLIM, MARJORIE ASSIS; KANENO, RAMON. Agaricus brasiliensis polysaccharides stimulate human monocytes to capture Candida albicans, express toll-like receptors 2 and 4, and produce pro-inflammatory cytokines. Journal of Venomous Animals and Toxins including Tropical Diseases, v. 23, n. 1 MAR 23 2017. Citações Web of Science: 3.
PRISCILA RAQUEL MARTINS; ÂNGELA MARIA VICTORIANO DE CAMPOS SOARES; ANDREA VANESSA DA SILVA PINTO DOMENEGHINI; MÁRJORIE ASSIS GOLIM; RAMON KANENO. Agaricus brasiliensis polysaccharides stimulate human monocytes to capture Candida albicans, express toll-like receptors 2 and 4, and produce pro-inflammatory cytokines. Journal of Venomous Animals and Toxins including Tropical Diseases, v. 23, p. -, 2017.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.