Busca avançada
Ano de início
Entree

Respostas cardiovasculares e metabólicas frente a realização de diferentes programas de treinamento físico em Ratos Wistar tratados com sobrecarga de frutose

Processo: 06/61611-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2007 - 30 de novembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Pesquisador responsável:Rogerio Brandão Wichi
Beneficiário:Rogerio Brandão Wichi
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Biológicas e da Saúde. Universidade São Judas Tadeu (USJT). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Pressoreceptores  Sistema renina-angiotensina  Treinamento físico  Síndrome metabólica 

Resumo

Frente as diferentes evidencias já demonstradas, médicos e programas de saúde indicam a prática regular de exercício físico (EF) no tratamento da SM. No entanto, sabemos que o EF só traz benefícios à saúde, quando controlado (freqüência, intensidade e duração) e bem supervisionado. Portanto, acreditamos na hipótese de que o treinamento físico pode atenuar as disfunções cardiovasculares e metabólicas induzidas pela sobrecarga de frutose. Porém, sabemos que os maiores benefícios do exercício físico são obtidos através da prescrição de treinamento individualizado e controlado. Assim, pretendemos testar a hipótese de que a prescrição de um treinamento não supervisionado, como caminhada diária, pode não surtir efeitos benéficos no tratamento dos distúrbios cardiovasculares e metabólicos em um modelo controlado de síndrome metabólica (SM) experimental através da sobrecarga de frutose na dieta. (AU)