Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo da usinagem de superligas a base de níquel e de titânio

Processo: 07/00001-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2007 - 31 de março de 2009
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Mecânica - Processos de Fabricação
Pesquisador responsável:Marcos Valério Ribeiro
Beneficiário:Marcos Valério Ribeiro
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FEG). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Guaratinguetá. Guaratinguetá , SP, Brasil
Assunto(s):Usinagem  Desgaste dos materiais  Superligas  Rugosidade superficial  Fluidos de corte e usinagem  Titânio 

Resumo

As indústrias aeronáuticas que fabricam componentes de motores com ligas de titânio, ligas de níquel e também aços inoxidáveis especiais, se caracterizam por um alto custo na fabricação destas peças usinadas, um dos grandes motivos deste elevado custo é o custo hora/máquina. Por este motivo é interessante diminuir os tempos de usinagem das peças e aumentar o uso de ferramentas, pois os custos/hora na indústria aeronáutica são mais elevados do que nas indústrias convencionais. As falhas nas peças usinadas são invariavelmente devido à fluência, fadiga e corrosão sob tensão. Tais falhas começam por pequenas trincas na superfície das peças e são propagadas para o centro ocorrendo quebra súbita. Estas falhas dependem da ferramenta usada e também da força da ferramenta na superfície e o tipo de corte ortogonal ou plano, e a temperatura do cavaco. A superfície usinada do material contém tensões residuais, a grandeza e a natureza delas depende dos parâmetros mencionados acima. O objetivo do trabalho proposto é o estudo da usinagem por torneamento cilíndrico externo das ligas Ti-6Al-4V e Nimonic 80A e a otimização da usinagem destas ligas visando proporcionar aumentos reais de produtividade sem a necessidade de investimentos em novos meios de produção. Além disto, os resultados deste trabalho devem oferecer informações mais detalhadas sobre os custos no torneamento dessas ligas, utilizando para tanto uma metodologia de otimização baseado na avaliação do comportamento da ferramenta, do tipo de cavaco formado em função da variação dos parâmetros de corte (velocidade de corte e avanço), em função também do tipo de aplicação do fluido de corte (abundante, sem fluido e aplicando MQF). (AU)