Busca avançada
Ano de início
Entree

Relações entre depósitos e paleossolos de ambiente semi-árido: um exemplo antigo (Bacia de Bauru, estados de GO, MG e MS) e um análogo atual (Vale do rio Bermejo, W de Argentina)

Processo: 07/00140-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2007 - 30 de abril de 2010
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geologia
Pesquisador responsável:Giorgio Basilici
Beneficiário:Giorgio Basilici
Instituição-sede: Instituto de Geociências (IG). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Paleossolos 

Resumo

Por muito tempo os paleossolos foram desconhecidos aos sedimentólogos, que os descreviam como litofácies maciças e os interpretavam de vários modos. A grande importância que possuem os paleossolos no registro sedimentar começou ser mais clara a partir do final dos anos 80. Todavia, trabalhos que descrevem paleossolos e sedimentos em sistemas deposicionais semi-áridos não são ainda muito freqüentes e permanecem em abertos muitos quesitos relativos, por exemplo, à distribuição horizontal e vertical dos paleossolos em relação aos sedimentos de sistemas de lençóis de areia (sand sheet), a interação entre processos fluviais de regime efêmero e paleossolos em áreas de planície de inundação, e o desenvolvimento de campos de dunas versus lençóis de areia em áreas vegetadas, entre outros.A porção setentrional da Bacia Bauru entre os estados de Goiás, Mato Grosso do Sul e Minas Gerais, numa porção onde afloram às formações Adamantina (ou Vale do Rio do Peixe) e Marília, parece um ótimo exemplo antigo para desenvolver esta temática de pesquisa. De fato, a maioria dos estudos sobre a Bacia de Bauru interessa principalmente a região oeste do Estado de São Paulo e os aspectos estratigráficos lato sensu. Poucos são os estudos sobre as características sedimentológicas de detalhe e os paleossolos destas unidades, embora os paleossolos perfaçam de 25 até 85% nos afloramentos da área citada da Bacia Bauru.Seguindo os princípios do Atualismo, pretende-se desenvolver este projeto associando ao estudo de um sistema antigo (parte setentrional da Bacia Bauru) um sistema análogo moderno (Vale do Rio Bermejo, W de Argentina).As análises dos sedimentos e dos paleossolos serão tratadas separadamente. Em linhas gerais, elas seguem os procedimentos clássicos da “análise de fácies” e da análise pedológica, todavia, o projeto aproveita a cooperação entre sedimentólogos e paleopedólogos para desenvolver um método de análise não freqüentemente usado e relativo à análise combinada e comparada entre paleossolos/solos e sedimentos numa mesma sucessão sedimentar.Com este projeto pretende-se alcançar os seguintes resultados: i) Definir as características genéticas de rochas sedimentares e paleossolos em um sistema antigo, através de análises de campo e laboratório e da comparação com um modelo atual. ii) Definir quais tipos de fatores condicionam os momentos de sedimentação e as pausas da sedimentação com relativa pedogênese. iii) Definir uma arquitetura deposicional para a Bacia Bauru na área investigada e fundamentar uma análise de bacia mais complexa. (AU)

Publicações científicas (7)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FUHR DAL' BO, PATRICK FRANCISCO; BASILICI, GIORGIO. Intermontane eolian sand sheet development, Upper Tulum Valley, central-western Argentina. BRAZILIAN JOURNAL OF GEOLOGY, v. 45, n. 1, p. 97-115, AUG 2015. Citações Web of Science: 2.
PATRICK FRANCISCO FUHR DAL' BÓ; GIORGIO BASILICI. Intermontane eolian sand sheet development, Upper Tulum Valley, central-western Argentina. BRAZILIAN JOURNAL OF GEOLOGY, v. 45, p. 97-115, Ago. 2015.
BASILICI, GIORGIO; FUEHR DAL' BO, PATRICK FRANCISCO. Influence of subaqueous processes on the construction and accumulation of an aeolian sand sheet. EARTH SURFACE PROCESSES AND LANDFORMS, v. 39, n. 8, p. 1014-1029, JUN 30 2014. Citações Web of Science: 3.
FUEHR DAL BO, PATRICK FRANCISCO; BASILICI, GIORGIO; ANGELICA, ROMULO SIMOES. Factors of paleosol formation in a Late Cretaceous eolian sand sheet paleoenvironment, Marilia Formation, Southeastern Brazil. PALAEOGEOGRAPHY PALAEOCLIMATOLOGY PALAEOECOLOGY, v. 292, n. 1-2, p. 349-365, JUN 1 2010. Citações Web of Science: 17.
BASILICI, GIORGIO; FUEHR DAL' BO, PATRICK FRANCISCO. Anatomy and controlling factors of a Late Cretaceous Aeolian sand sheet: The Marilia and the Adamantina formations, NW Bauru Basin, Brazil. SEDIMENTARY GEOLOGY, v. 226, n. 1-4, p. 71-93, APR 15 2010. Citações Web of Science: 7.
BASILICI, GIORGIO; FUEHR DAL BO, PATRICK FRANCISCO; BERNARDES LADEIRA, FRANCISCO SERGIO. Climate-induced sediment-palaeosol cycles in a Late Cretaceous dry aeolian sand sheet: Marilia Formation (North-West Bauru Basin, Brazil). SEDIMENTOLOGY, v. 56, n. 6, p. 1876-1904, OCT 2009. Citações Web of Science: 20.
FUEHR DAL' BO, PATRICK FRANCISCO; BASILICI, GIORGIO; ANGELICA, ROMULO SIMOES; BERNARDES LADEIRA, FRANCISCO SERGIO. Paleoclimatic interpretations from pedogenic calcretes in a Maastrichtian semi-arid eolian sand-sheet palaeoenvironment: Marilia Formation (Bauru Basin, southeastern Brazil). CRETACEOUS RESEARCH, v. 30, n. 3, p. 659-675, JUN 2009. Citações Web of Science: 16.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.