Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da atorvastatina sobre a atividade funcional e expressão de transportadores de membrana

Processo: 07/00348-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2007 - 31 de outubro de 2009
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia
Pesquisador responsável:Rosario Dominguez Crespo Hirata
Beneficiário:Rosario Dominguez Crespo Hirata
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Farmacogenética  Transporte através da membrana  RNA mensageiro 

Resumo

As proteinas ATP Binding Cassette (ABC) são uma família de transportadores de membrana que promovem o efluxo celular de inúmeros compostos. ABCB1, BCRP e MRP2 são transportadores ABC que foram associados com o efluxo de vários fármacos principalmente no intestino e no figado. Enquanto que os transportadores solute-linked carriers (SLC), como os OATP1B1, OATP2B1 e OCT1, estão envolvidos na captação de fármacos. Esses transportadores de membrana regulam a homeostase intracelular de vários fármacos modificando sua biodisponibilidade e eficácia. Vastatinas são inibidores potentes da HMGCoA redutase amplamente utilizados no tratamento da hipercolesterolemia. A atorvastatina é um substrato para a ABCB1 e outros transportadores de fármacos. Portanto, é relevante estudar os mecanismos envolvidos na regulação da expressão gênica de transportadores de membrana por vastatins, com a finalidade de esclarecer o papel desses transportadores na resposta a hipolipemiantes. Neste estudo, serão investigados os efeitos da atorvastatina na expressão de mRNA e de proteínas dos transportadores de efluxo (ABCB1, BCRP, MRP2) e de captação (OATP1B1, OATP2B1 e OCT1), em células das linhagens HepG2 e Caco-2 e em linfócitos de indivíduos hipercolesterolemicos. RNA total e proteínas serão extraídas das células em cultura incubadas com diferentes concentrações (0 to 20 uM) de atorvastatina. Expressão de proteínas e mRNA serão avaliadas por Western blot e citometria de fluxo, e PCR em tempo real, respectivamente. A atividade funcional de ABCB1 será mensurada por citometria de fluxo e a ativiade ATPase por ensaio colorimétrico. A estabilidde de mRMA do ABCB1 será analisada por by Northern blot e sua relação com o polimorfismo ABCB1 C3435T também será investigada. Os efeitos de atorvastatina na ativação de fatores de transcrição do ABCB1 (NF-kappaB, AP-1 e SP1) serão avaliados por ensaio de mobilidade eletroforética retardada em gel de poliacrilamida (EMSA). Os resultados deste estudo fornecerão novas informações sobre a modulação da expressão de transportadores de membrana pela atorvastatina e elucidarão o papel destas proteínas na resposta a agentes hipolipemiantes. (AU)