Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos do uso agudo do donepezil sobre habilidades visuoespaciais

Processo: 07/00382-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de maio de 2007 - 30 de abril de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Neuropsicofarmacologia
Pesquisador responsável:Sabine Pompéia
Beneficiário:Sabine Pompéia
Instituição-sede: Departamento de Psicobiologia. Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Memória (psicologia)  Colinérgicos  Escopolamina 

Resumo

O sistema colinérgico está envolvido na modulação da cognição, incluindo processamento visuoespacial. Há resultados conflitantes acerca da capacidade do inibidor de acetilcolinesterase donepezil causar uma melhora no desempenho em habilidades visuoespaciais de voluntários sadios, o que tem importantes implicações para a compreensão do papel do sistema colinérgico na cognição, além de poder auxiliar no desenvolvimento do uso clínico do donepezil, que é uma das drogas mais comumente prescritas para o tratamento de desordens como a doença de Alzheimer. Diferenças entre os resultados de estudos com esse medicamento podem estar relacionadas à farmacocinética da droga, uma vez que há variação do tempo após a administração quando os efeitos foram testados. Em particular, não existem estudos que avaliaram os efeitos agudos do donepezil próximo ao pico de absorção (Tmax). O objetivo do trabalho consiste em investigar os efeitos agudos do donepezil e da escopolamina em voluntários jovens sadios, variando o tempo após administração quando os efeitos são avaliados, com enfoque em alterações de habilidade visuoespaciais.Material e métodos: Estudo duplo-cego, em grupos paralelos de tratamento, controlado com placebo, com 36 voluntários jovens sadios. Os sujeitos receberão um dos tratamentos: placebo, donepezil (5 mg v.o.), ou o antagonista colinérgico escopolamina (1,2 mg v.o.), incluído para determinar a sensibilidade da bateria de testes a efeitos colinérgicos. Os tratamentos serão administrados seguindo o seguinte esquema "double-dummy"; para controlar diferenças do pico de absorção entre as drogas empregadas de maneira que as duas sessões de testes pós-tratamento coincidam com: 1) o tempo em que o donepezil foi comumente testado nos estudos prévios (90 min. após a administração) e o Tmax da escopolamina (60 min. após a administração); e 2) Tmax do donepezil (210 min. após a administração da droga). A bateria de testes envolverá testes clássico de avaliação de desempenho cognitivo (por exemplo, DSST, recordação imediata e tardia de estórias), testes que avaliam os três subsistemas da memória operacional ("digit span" e Blocos de Corsi, ordem direta e inversa), memória para localização de objetos, testes de 5 tipos de habilidades espaciais, e Tempo de Inspeção Visual (IT). (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.