Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo longitudinal dos efeitos do gel de clorexidina no controle do biofilme dentário e no número de bactérias salivares

Processo: 07/00962-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2007 - 31 de outubro de 2008
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Odontopediatria
Pesquisador responsável:Maria Aparecida de Andrade Moreira Machado
Beneficiário:Maria Aparecida de Andrade Moreira Machado
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Clorexidina  Bactérias  Cariogênicos  Placa bacteriana 

Resumo

O presente estudo tem por objetivo avaliar a efetividade da utilização do gel de clorexidina nas concentrações de 0,2%, 1% e 2% para o controle do número de bactérias cariogênicas e periodontopatogênicas presentes na cavidade bucal e do biofilme dentário em crianças na faixa etária de 7 a 11 anos de idade. A amostra será composta por 48 crianças, aleatoriamente divididas em quatro grupos: G1 (grupo controle – gel placebo sem clorexidina), G2 (utilização de gel de clorexidina a 0,2%), G3 (utilização de gel de clorexidina a 1%) e G4 (utilização de gel de clorexidina a 2%). Em todos os grupos serão registrados os índices de placa e gengival. A clorexidina será aplicada com a utilização de moldeiras descartáveis pré-fabricadas (5 mL), por 1 minuto, uma vez por semana, durante 4 semanas. As avaliações clínicas serão feitas após 1 semana, 1 mês, 3 e 6 meses da última aplicação do gel. A cada consulta, a saliva dos pacientes será coletada para a análise quantitativa dos alvos bacterianos Lactobacillus casei, Streptococcus mutans, Actinomyces actinomycetemcomitans e Porphyromonas gengivalis por meio da reação de PCR em tempo real. Os resultados obtidos serão analisados por testes estatísticos qualitativos e quantitativos, sendo adotado nível de significância de 5% para que as diferenças sejam consideradas estatisticamente significativas. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
THIAGO CRUVINEL SILVA; THAÍS MARCHINI OLIVEIRA VALARELLI; VIVIEN THIEMY SAKAI; VANESSA TESSAROLLI; MARIA APARECIDA DE ANDRADE MOREIRA MACHADO. Oral antibacterial effect of chlorhexidine treatments and professional prophylaxis in children. Braz. J. Oral Sci., v. 12, n. 2, p. -, Jun. 2013.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.