Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do dermatan sulfato na migracao, adesao e proliferacao de celulas progenitoras endoteliais: uma alternativa terapeutica para injurias arterias?

Processo: 07/01112-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de junho de 2007 - 30 de setembro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Citologia e Biologia Celular
Pesquisador responsável:Cristina Pontes Vicente
Beneficiário:Cristina Pontes Vicente
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Biologia celular  Células-tronco  Trombose  Dermatan sulfato  Aterosclerose 

Resumo

As células progenitoras endoteliais (CPE), são células tronco adultas, que se originam da medula óssea, podendo ser isoladas de sangue periférico e/ou cordão umbilical. Estas células tem um papel importante na neovascularização de tecidos que sofreram isquemia e na re-endotelização de vasos que sofrem lesão endotelial. Vários estudos demonstraram a eficácia e seguranca de utilização de células progenitoras endoteliais no tratamento de pacientes com isquemia cardíaca e dos membros inferiores. Estudos envolvendo o desenvolvimento de estratégias para aumentar o número, a adesão, sobrevivência e senescência destas células são de essencial importância. Os glicosaminoglicanos são importantes componentes da matriz extracelular e da parede dos vasos sanguineos e estão diretamente relacionados com processos de coagulação e trombose. Estas moléculas estão diretamente envolvidas em processos de atração, migracão e diferenciação celular no endotélio. Em trabalhos anteriores foi observado que o dermatan sulfato e um agente antitrombótico e que sua atividade depende diretamente da presença da proteína chamada de cofator II da heparina. Foi visto também, que camundongos normais que sofreram lesão endotelial e tratamento concomitante com dermatan sulfato tem a proliferação de neointima diminuída. Os processos envolvidos neste resultado ainda não estão esclarecidos. O objetivo de nosso trabalho é estabelecer o papel dos glicosaminoglicanos na migração, adesão, proliferação e diferenciação de CPE de camundongos normais e com aterosclerose. Para tal iremos desenvolver técnicas de isolamento, caracterização e estabelecimento de células progenitoras endoteliais obtidas de sangue periférico e medula óssea de camundongos normais e verificar a atividade de glicosaminoglicanos antitrombóticos e anticoagulantes na capacidade de migração, adesão e diferenciação destas células in vivo. Os glicosaminoglicanos como a heparina e o dermatan sulfato podem estar envolvidos no processo de migração, adesão e diferenciação destas células para o local da lesão diminuindo a formação de neointima e aumentando a reendotelização local. Estabelecer o papel dos glicosaminoglicanos neste processo pode auxiliar no desenvolvimento de drogas que seriam utilizadas no tratamento de doenças coronarianas crônicas para a prevenção não só da trombose venosa, mas também da proliferação e migração de células progenitoras endoteliais para o local da lesão e consequente melhoramento do tratamento destas doenças. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LIMA, LUIZE G.; OLIVEIRA, ANDREIA S.; CAMPOS, LUIZA C.; BONAMINO, MARTIN; CHAMMAS, ROGER; WERNECK, CLAUDIO C.; VICENTE, CRISTINA P.; BARCINSKI, MARCELLO A.; PETERSEN, LARS C.; MONTEIRO, ROBSON Q. Malignant transformation in melanocytes is associated with increased production of procoagulant microvesicles. THROMBOSIS AND HAEMOSTASIS, v. 106, n. 4, p. 712-723, OCT 2011. Citações Web of Science: 32.
GODOY, JULIANA A. P.; BLOCK, DANIEL B.; TOLLEFSEN, DOUGLAS M.; WERNECK, CLAUDIO C.; VICENTE, CRISTINA P. Dermatan sulfate and bone marrow mononuclear cells used as a new therapeutic strategy after arterial injury in mice. CYTOTHERAPY, v. 13, n. 6, p. 695-704, JUL 2011. Citações Web of Science: 9.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.