Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação, determinação e avaliação da biodisponibilidade de elementos ligados a metaloproteínas de castanhas

Processo: 07/03275-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de agosto de 2007 - 31 de julho de 2009
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Pedro Vitoriano de Oliveira
Beneficiário:Pedro Vitoriano de Oliveira
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Biodisponibilidade  Metaloproteinases  Minerais (química inorgânica)  Castanha 

Resumo

Esse projeto tem como objetivo principal a identificação, determinação e estudos de biodisponibilidade de elementos essenciais (Cu, Fe, Mn, Se e Zn) e não essenciais (Cd, Hg, Ni e Pb) em metaloproteínas de castanhas (castanha-do-pará, polpa de coco, semente de cupuaçu, coco babaçu, castanha de cajú, etc). Os objetivos específicos estão relacionados aos projetos de pós-doutorado, doutorado, mestrado e iniciação científica em desenvolvimento ou em fase inicial de execução no grupo. As determinações dos teores totais dos analitos serão feitas por espectrometria de absorção atômica com atomização eletrotérmica, espectrometria de emissão ótica com plasma indutivamente acoplado, após digestão em forno de microondas com frasco fechado. As separações dos grupos protéicos serão feitas por procedimentos de extração usando diferentes extratores (H2O, solução NaCl, etanol, solução NaOH, tampão tris-HCl, etc), após separação das gorduras e óleos com mistura de metanol + clorofórmio e por centrifugação. A biodisponibilidade dos minerais será estudada in vitro, por digestão das frações protéicas extraídas, usando fluido gástrico simulado (pepsina + HCl) e digestão intestinal (pepsina + HCl, pancreatina e pancrease). As proteínas presentes nos extratos, antes e após a digestão simulada serão separadas em coluna de exclusão por tamanho acoplada a um sistema de cromatografia líquida de alta eficiência (HPLC) com detector de radiação ultravioleta (UV). O tampão eluído da coluna será coletado e os elementos de interesse determinados por ET AAS. As proteínas separadas serão identificadas por espectrometria de massas. (AU)