Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização agronômica, seleção e mapeamento genético de novos híbridos de porta-enxerto de citros

Resumo

O histórico da citricultura brasileira é marcado por uma sucessão de pragas e doenças causadas por diferentes agentes etiológicos. Uma das estratégias utilizadas para superar os problemas relacionados às doenças, em especial nas variedades de porta-enxertos, foi a substituição da variedade suscetível à tristeza dos citros, a laranja Azeda, por outra resistente, o limão Cravo. Tal estratégia possibilitou que o Brasil se tornasse o maior produtor de citros do mundo. Tendo em vista a importância de se obter variabilidade como forma de superar problemas, uma das metas do programa de melhoramento do Centro APTA Citros Sylvio Moreira/IAC tem sido a obtenção de híbridos de porta-enxertos e copas, que visam ampliar o número de variedades utilizadas na citricultura. O melhoramento genético de citros tem se destacado nas últimas décadas graças à possibilidade de utilização e incorporação de ferramentas de biotecnologia aos programas tradicionais de melhoramento. Nesse aspecto, a utilização de marcadores moleculares para a seleção precoce de plantas de origem zigótica a partir de cruzamentos controlados entre genitores poliembriônicos possibilitou a seleção de um número elevado de novas combinações e, consequentemente, o estabelecimento de um maior número de populações híbridas em campo. O Centro APTA Citros Sylvio Moreira/IAC vem realizando desde 1997 um amplo programa de melhoramento genético de citros via cruzamentos dirigidos. Populações de plantas obtidas de hibridações controladas entre diferentes espécies e variedades de citros foram recentemente estabelecidas em várias regiões do Estado de São Paulo para avaliações em condições de campo, constituindo-se assim em uma ampla rede experimental de potenciais novos genótipos. Paralelamente, foi estabelecida uma base de dados de sequencias de ESTs (CitEST) de diferentes espécies de citros sob várias condições de estresse biótico. Mapas genéticos foram estabelecidos para algumas das progênies. A presente proposta de Projeto prioriza a continuidade do programa de melhoramento de citros com foco em resistência a doenças. O projeto possui os seguintes focos principais: 1) Caracterização agronômica dos híbridos de porta-enxertos em condições de campo e casa de vegetação, com ênfase na resistência a doenças; 2) Construção de mapas genéticos e 3) Mapeamento de regiões genômicas (QTLs) associadas à resistência a doenças. (AU)