Busca avançada
Ano de início
Entree

Acao de rosiglitazona e sinvastatina no controle da inflamacao em tecido adiposo epicardico.

Resumo

O processo inflamatório acompanha todo o desenvolvimento da aterosclerose humana, incluindo os seus estágios iniciais, sua progressão e complicações. Na Síndrome Metabólica (SM), a concentração dos ácidos graxos livres e a elevação da glicemia criam, respectivamente, ações lipotóxicas e glicotóxicas as quais contribuem para a aceleração do processo aterogênico. A gordura visceral, reconhecida como tecido metabolicamente ativo, tem sido relacionada à elevação da produção de adipocinas inflamatórias e aumento de Doença Arterial Coronariana (DAC). Recentemente a gordura epicárdica mereceu atenção por ser também metabolicamente ativa e contribuir com a produção de adipocinas inflamatórias. Rosiglitazona e Sinvastatina comprovadamente atuam na redução de fatores inflamatórios sistêmicos e serão estudadas em pacientes portadores de DAC com e sem SM, em relação às suas propriedades anti-inflamatórias sobre o tecido adiposo epicárdico. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)